Nubank planeja acabar com o rotativo do cartão de crédito

Quem não pagar a fatura do cartão poderá parcelar o valor em 12 vezes com metade dos juros da linha

O Nubank deu início neste mês em testes para acabar com a modalidade de rotativo do cartão de crédito e transformá-lo em parcelado com juros menores, disse nesta segunda-feira Cristina Junqueira, cofundadora do banco digital.

A ideia é transferir os clientes que não conseguirem pagar em dia a fatura do cartão direto para um crédito parcelado em até 12 vezes, o que Junqueira imagina que levará a uma redução do juro, de 13% para algo em torno de 6% a 7% ao mês.

“Percebemos que muitos clientes entram no crédito rotativo sem nem se dar conta”, disse a cofundadora do Nubank. “Ao cair no parcelado, a expectativa é que ele perceba o custo do crédito.”

Cerca de 150 mil pessoas foram incluídas na fase de testes, que devem ser concluídos no primeiro trimestre de 2021.

Desde 2017, o Banco Central limita o uso do rotativo do cartão de credito a um período máximo de 30 dias, com o objetivo de evitar que o consumidor caia numa divida que depois não consiga quitar. Depois disso, o saldo devedor é parcelado.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.