• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Satélite da Nasa encontra "linhas misteriosas" em cratera de Marte

Fenômeno foi identificado em área com crateras do planeta vermelho; veja fotos
 (Reprodução/HiRISE)
(Reprodução/HiRISE)
Por Laura PanciniPublicado em 09/05/2022 15:32 | Última atualização em 09/05/2022 16:06Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Um satélite da Nasa estava observando a cratera de Marte e percebeu linhas misteriosas cruzando pela superfície do planeta vermelho. A equipe de pesquisa por trás da poderosa câmera que capturou o momento, o High Resolution Imaging Science Experiment (HiRISE), afirma que os rastros naturais são diabos de poeira.

O fenômeno foi identificado na região de Aonia Terra, uma área com crateras no Hemisfério Sul de Marte. Os cientistas conseguiram determinar que as trilhas foram formadas por redemoinhos de poeira após comparar com imagens antigas.

O que são diabos de poeira?

Os demônios de poeira giram sobre o solo marciano quando o solo fica mais quente que o ar, aquecendo o ar logo acima. Assim, as correntes ascendentes sobem enquanto o ar mais frio desce, o que faz com que o ar passe a circular verticalmente.

"Os diabos de poeira em Marte se formam da mesma maneira que na Terra", disse a equipe HiRISE. No entanto, eles podem ser muito maiores do que os da Terra.

Rastros deixados pelos diabos da poeira em Marte

Rastros deixados pelos diabos de poeira em Marte (HiRISE/Reprodução)

Outras criações da Nasa, como o rover Perseverance ou o Curiosity, estão em Marte deixando rastros não naturais no chão. O primeiro, por exemplo, está procurando evidências de microrganismos que comprovam a existência de vida em Marte.

“Se Marte hospedasse vida durante esse período, restos desses organismos poderiam ser preservados em algumas dessas rochas antigas”, observou a agência espacial.