Morre Isabel Salgado, ex-jogadora de vôlei, aos 62 anos

A ex-atleta havia sido convidada pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva para compor a equipe de transição do governo
Isabel foi uma das pioneiras no vôlei feminino, sendo a primeira a jogar no exterior (Instagram/Reprodução)
Isabel foi uma das pioneiras no vôlei feminino, sendo a primeira a jogar no exterior (Instagram/Reprodução)
A
Antonio Souza

Publicado em 16/11/2022 às 09:55.

Última atualização em 16/11/2022 às 14:20.

A ex-jogadora de vôlei, Isabel Salgado, de 62 anos, morreu na manhã desta quarta-feira, 16, em São Paulo. A ex-atleta havia sido convidada pelo presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, para compor a equipe de transição do governo.

A morte foi confirmada pela produtora Paula Barreto que havia falado com Isabel na última segunda-feira. Segundo ela, a ex-jogadora estava bastante gripada, porém havia testado negativo para a Covid-19. Isabel chegou a ir até o hospital Sírio Libanês na terça-feira, 15, onde foi diagnosticada com uma bactéria que já havia infectado todo o seu pulmão. Ela então foi entubada, mas não resistiu e faleceu nessa manhã.

Assine a EXAME por menos de R$ 0,37/dia e acesse as notícias mais importantes do Brasil em tempo real.

Isabel foi uma das pioneiras no vôlei feminino, sendo a primeira a jogar no exterior. Ela iniciou sua carreira nas categorias de base do Flamengo e com 16 anos já era titular do clube. Disputou os Jogos Olímpicos de Moscou em 1980, e Los Angeles em 1984.

Em seu perfil no Twitter, Lula exaltou os feitos de Isabel Salgado e disse seu pioneirismo no esporte abriu portas para muitas brasileiras.

LEIA TAMBÉM: