Japão usa rock contra ataques de ursos; entenda como

Preocupada com o aumento do número de ursos avistados na região, a prefeitura de Iwate, no Japão, recorreu ao rock'n'roll
 (Tony Studio/Getty Images)
(Tony Studio/Getty Images)
Por Bibiana GuaraldiPublicado em 03/11/2021 15:25 | Última atualização em 03/11/2021 15:25Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O rock'n'roll pode manter as pessoas protegidas de ataques de ursos? Uma região japonesa espera que sim e, de acordo com o jornal inglês The Guardian, encomendou uma música de advertência sobre a ameaça dos ursos no local.

Os ursos são comuns em todo o Japão e regularmente desencadeiam caças frenéticas quando se aventuram nas cidades, onde já atacaram e até mataram pessoas.

Um aumento no número de avistamentos de ursos na zona rural do norte do Japão incentivou uma resposta inovadora: o governo de Iwate encomendou uma canção de rock para tocar em toda a região.

"Então você acha que os filhotes de urso são fofos?" a letra da música começa, com guitarras e bateria forte tocando ao fundo. “Descarte essa maneira ingênua de pensar! Perto daquele filhote está um urso-pai, e de repente ele vai te atacar! Roar, roar, roar, roar, roar, roar – de repente vai te atacar!"

A faixa foi escrita e executada por um par de roqueiros sexagenários locais e oferece conselhos sensatos como "nunca vire as costas e fuja" e "tentar se fingir de morto não funciona".

O cantor Yuuzen Taguchi, 69, disse que o conselho o ajudou quando encontrou um urso perto de um campo. “É muito assustador quando um urso simplesmente aparece diante de você”, disse ele à AFP.

“Você quer fugir, mas meus avós me disseram anos atrás que se você encontrar um urso, não se vire e apenas recue devagar. Aprendi que o conhecimento rural vem da convivência com ursos quando eu era criança”, explicou  Taguchi.

Houve mais de 3.300 avistamentos de ursos na região de Iwate em 2020, um grande aumento em relação a 2017, quando foram registrados 700.

As autoridades esperam que a música, que tocou nos shopping centers locais à beira das estradas até 31 de outubro, ensine as pessoas a se manterem seguras. Ainda é cedo para saber se a estratégia deu resultado.

O compositor Kaoru Toudou, 61, disse que originalmente a escreveu como um blues. Mas Taguchi, que tocou em bandas nos últimos 50 anos, deu um toque de rock acelerado quando acrescentou seus vocais.

Para o compositor, há ainda outra maneira de a música ajudar a manter os ursos afastados: “Diz-se que os ursos são criaturas tímidas, então acho que se algum ouvisse a música tocando do lado de fora, ele fugiria”, disse Toudou. “Esse é o poder do rock'n'roll.”