A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Cientistas da China tinham projeto com coronavírus em morcegos, diz jornal

A pesquisa tinha intenção de gerar imunidade aos animais

Uma reportagem publicada pelo jornal britânico Telegraph informa que o Instituto de Virologia de Wuhan, na China, procurou, em 2018, financiamento para infectar morcegos com uma forma modificada de coronavírus em cavernas da província de Yunnan.

O projeto de pesquisa visava gerar imunidade nos animais e protegê-los de doenças que pudessem ser transmitidas para seres humanos.

Entretanto, o financiamento do projeto não foi aprovado para evitar riscos à população local.

Desde o início da pandemia de covid-19, a China nega que o novo coronavírus (SARS-CoV-2) tenha surgido em laboratório. Pesquisas científicas também apontam que o vírus sofreu uma mutação natural para se tornar infeccioso em humanos.

Para a Organização Mundial da Saúde, a origem da covid-19 ainda não tem uma conclusão definitiva. Os Estados Unidos, bem como a comunidade científica global, segue pesquisando sobre o surgimento do novo coronavírus.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também