Lucro da Smiles cai 5,4% no 3º trimestre

Rede de fidelidade da GOL teve lucro líquido de 59,6 milhões de reais no período de julho a setembro

Rio de Janeiro - A Smiles, rede de fidelidade da GOL, teve lucro líquido menor no terceiro trimestre, afetado pelo pagamento de juros de debêntures, informou a empresa nesta quinta-feira.

A companhia teve lucro líquido de 59,6 milhões de reais no período de julho a setembro, queda de 5,4 por cento na comparação com o terceiro trimestre do ano passado.

A receita líquida somou 223,9 milhões de reais no período de julho a setembro, alta de 43,6 por cento ano a ano. O faturamento de milhas ex-GOL (bancos, comércio e outros) subiu 19,9 por cento, enquanto o faturamento das milhas GOL caiu 10 por cento.

A empresa informou que caso mantivesse a rentabilidade do caixa de 400 milhões de reais (ou seja, sem o efeito da redução de capital de 1 bilhão de reais) e não aferisse juros sobre as debêntures de 600 milhões de reais, o lucro líquido teria sido de 75,8 milhões de reais, crescimento de 20,3 por cento sobre o mesmo período do ano passado.

Mais informações em breve.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.