Índia libera plano da Vodafone para assumir negócio local

Acordo precisa de aprovação final do gabinete federal da Índia

Nova Délhi - A autoridade reguladora de investimentos estrangeiros na Índia deu aval para uma decisão da Vodafone Group acerca de um plano de 1,6 bilhão de dólares para assumir a totalidade da sua unidade local, informou o secretário para Assuntos Econômicos, Arvind Mayaram, nesta segunda-feira.

O acordo precisa de aprovação final do gabinete federal da Índia.

Em agosto, o governo da Índia permitiu que empresas estrangeiras do setor de telecomunicações aumentassem suas participações a 100 por cento de seus negócios indianos, ante limite anterior de 74 por cento.

A Vodafone, que entrou na Índia em 2007 através da compra dos ativos locais de telefonia móvel da Hutchison Whampoa em um acordo de 11 bilhões de dólares, é dona, direta e indiretamente, de 84,5 por cento da Vodafone Índia, segunda maior empresa de telecomunicações do país por usuários e receita. A sua participação direta na unidade é de 64,4 por cento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.