Mundo
Acompanhe:

Veredicto em processo de Cristina Kirchner sai à tarde, mas decisão não é final

A decisão judicial deve ser divulgada nesta tarde e, segundo a agência oficial Télam, há expectativa por mobilizações em Buenos Aires a favor da política

Cristina Kirshner: VIce-presidente argumenta que está sendo vítima de "lawfare" (Cristina Kirshner / Instagram/Reprodução)

Cristina Kirshner: VIce-presidente argumenta que está sendo vítima de "lawfare" (Cristina Kirshner / Instagram/Reprodução)

E
Estadão Conteúdo

6 de dezembro de 2022, 12h27

A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, conhecerá na tarde desta terça-feira, 6, sua sentença no processo chamado de Vialidad. A Promotoria pede 12 anos de prisão para a também ex-presidente, acusando-a de crimes como associação ilícita para direcionar obras públicas na província de Santa Cruz a favor do empresário Lázaro Baez.

A decisão judicial deve ser divulgada nesta tarde e, segundo a agência oficial Télam, há expectativa por mobilizações em Buenos Aires a favor da política. De acordo com o jornal La Nación, a sentença será lida a partir das 17h30 (de Brasília), hora local.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Cristina Kirchner argumenta que é vítima de "lawfare", de manobras jurídicas para tirá-la do poder, e diz ser inocente. O canal Todo Noticias esclarece que ela pode ser inocentada, condenada em todos os quesitos ou sofrer apenas condenação parcial.

De qualquer modo, o veículo lembra que Cristina ainda poderá apelar para uma corte superior e, mais adiante, recorrer à Corte Suprema de Justiça. Recorda ainda que, até que o caso esteja transitado em julgado, ela continua no cargo e mantém os direitos políticos, podendo eventualmente concorrer na eleição do próximo ano.

LEIA TAMBÉM: