A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Rússia e China evitam que ONU condene testes iranianos

Segundo enviado, comissão do Conselho de Segurança está dividida sobre se os testes de mísseis violaram as sanções impostas a Teerã

Nações Unidas - Uma comissão do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) está dividida sobre se os testes de mísseis do Irã no ano passado violaram as sanções impostas a Teerã por causa de seus programas nuclear e de mísseis balísticos, afirmou o enviado da Austrália na organização nesta segunda-feira.

Essa divisão efetivamente impede qualquer ampliação das sanções contra Teerã em relação aos testes no momento, disseram enviados da ONU sob condição de anonimato.

Diplomatas disseram que foi a Rússia, apoiada pela China, que se recusou a declarar o lançamento de mísseis de Teerã uma violação das restrições da ONU, como um Painel de Especialistas da ONU disse que era o caso.

O impasse no comitê de sanções contra o Irã, que é composto por todos os 15 membros do Conselho de Segurança, destaca as dificuldades que potências ocidentais enfrentam para convencer Rússia e China a pressionar Teerã a suspender seu programa nuclear e de mísseis.

O Irã rejeita as alegações dos Estados Unidos, das potências europeias e de seus aliados de que esteja desenvolvendo armas nucleares e diz que as sanções da ONU contra o país são ilegais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também