Mundo

Qual é o lugar mais caro para os solteiros viverem nos EUA? Veja ranking

A habitação é de longe o fator mais importante no orçamento da maioria das pessoas

Uma das cidades mais cosmopolitas dos Estados Unidos, Boston é a capital de Massachusetts (Scott Eisen/Getty Images)

Uma das cidades mais cosmopolitas dos Estados Unidos, Boston é a capital de Massachusetts (Scott Eisen/Getty Images)

Publicado em 3 de julho de 2024 às 07h32.

Você precisará ganhar quase US$ 60.000 por ano para viver sozinho em Massachusetts, o estado mais caro dos EUA quando se trata de custos básicos, de acordo com uma análise recente da SmartAsset.

Esse número inclui estimativas de quanto uma pessoa precisa para pagar por habitação, transporte, cuidados de saúde, impostos e outras despesas comuns, conforme dados de uma calculadora formulada pelo MIT.

Essas despesas variam muito de estado para estado, especialmente moradia, impostos e alimentação. A maior diferença no custo anual para uma pessoa é de US$ 58.009 em Massachusetts, em comparação com US$ 39.386 na Virgínia Ocidental.

Com base em uma semana de trabalho de 40 horas, isso equivale a um salário por hora de US$ 28 em Massachusetts e de US$ 19 na Virgínia Ocidental - o necessário para cobrir despesas básicas.

Confira os 15 estados dos EUA com o custo de vida mais alto, com base em quanto uma única pessoa precisa para cobrir seus custos básicos:

  1. Massachusetts: $ 58.009
  2. Havaí: $ 56.841
  3. Califórnia: $ 56.825
  4. Nova York: $ 55.878
  5. Washington: $ 53.242
  6. Colorado: $ 51.644
  7. Nova Jersey: $ 51.504
  8. Maryland: $ 51.460
  9. Oregon: $ 50.553
  10. Rhode Island: $ 50.418
  11. Connecticut: $ 50.194
  12. Virgínia: $ 49.973
  13. Nova Hampshire: $ 49.045
  14. Arizona: $ 48.677
  15. Geórgia: $ 48.448

O que pesa no bolso

A habitação é de longe o fator mais importante no orçamento da maioria das pessoas. Com uma média de US$ 17 mil, os custos de habitação nos 15 estados mais caros são quase o dobro dos 15 estados menos caros.

Não é novidade que os custos de habitação são mais elevados em estados com grandes cidades, como Califórnia e Nova York. As grandes cidades tendem a atrair pessoas devido às oportunidades de emprego, o que aumenta a procura de casas e, consequentemente, aumenta os preços.

A diferença no custo de vida entre os estados também está relacionada aos gastos com alimentação e impostos, que variam em até US$ 2.000 e US$ 1.500, respectivamente.

Infelizmente, segundo dados da SmartAsset, o salário mínimo não cobre despesas básicas em nenhum estado, mesmo para locais que excedem em muito o salário mínimo federal - hoje em US$ 7,25 a hora. Isto inclui o recém-promulgado salário mínimo de 20 dólares por hora na Califórnia para trabalhadores de fast food, que não cobre os US$ 27,32 dólares necessários para pagar as despesas básicas de um trabalhador em tempo integral naquele estado, de acordo com dados do MIT.

A calculadora do salário mínimo do MIT é baseada em dados de várias agências federais, ajustados pela inflação de dezembro de 2023.

Acompanhe tudo sobre:Custo de vidaEstados Unidos (EUA)

Mais de Mundo

Fãs de Trump se reúnem em Milwaukee para lhe dar apoio: "precisa saber que é amado"

Biden pede que país 'reduza a temperatura política' e que evite o caminho da violência

Nikki Haley é convidada de última hora como oradora para convenção republicana

FBI crê que atirador que tentou matar Trump agiu sozinho e não pertence a grupo terrorista

Mais na Exame