Mundo

Polícia prende principal suspeito de ataque a tiros na Holanda

Gökmen Tanis, um homem de 37 anos nascido na Turquia, é apontado como possível autor do ataque a tiros ocorrido nesta segunda-feira (18)

Ataque em Utrecht: polícia ainda não confirmou os motivos que levaram Tanis a realizar o ataque (Utrecht Police/Reuters)

Ataque em Utrecht: polícia ainda não confirmou os motivos que levaram Tanis a realizar o ataque (Utrecht Police/Reuters)

E

EFE

Publicado em 18 de março de 2019 às 14h56.

Última atualização em 18 de março de 2019 às 15h40.

Utrecht (Holanda) — A polícia da Holanda deteve Gökmen Tanis, um homem de 37 anos nascido na Turquia, apontado como principal suspeito do ataque a tiros ocorrido nesta segunda-feira, 18, na cidade de Utrecht que terminou com três mortos.

Em entrevista coletiva, um porta-voz da polícia anunciou a detenção, embora não tenha confirmado os motivos que levaram Tanis a realizar o ataque, que além dos três mortos, também deixou cinco feridos.

A polícia local considera o ataque como “ato de terrorismo”.

Segundo testemunhas, um homem sacou uma arma e começou a disparar de forma aleatória e contínua contra quem passava. A polícia havia indicado que ele fugiu após a ação, que aconteceu por volta das 10h45 (6h45 no horário de Brasília).

Acompanhe tudo sobre:Ataques terroristasHolandaTiroteios

Mais de Mundo

Milei se reunirá com Macron em viagem à França para abertura dos Jogos Olímpicos

'Tome chá de camomila', diz Maduro após Lula se preocupar com eleições na Venezuela

Maduro deve aceitar resultado das eleições se perder, diz ex-presidente argentino

Macron só vai nomear primeiro-ministro após Jogos Olímpicos

Mais na Exame