ONU condena atentado sangrento no Paquistão

Durante a abertura da reunião do Conselho de Segurança, Ban Ki-moon afirmou que nenhuma casa ou ressentimento pode justificar a morte de 126 pessoas

Nações Unidas - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, condenou o ataque que matou ao menos 126 pessoas, a maioria crianças, em uma escola militar no Paquistão.

Ele classificou o incidente como "um ato de horror e covardia."

Durante a abertura da reunião do Conselho de Segurança, Ban Ki-moon afirmou que nenhuma casa ou ressentimento pode justificar a morte de 126 pessoas.

"Escolas devem ser locais seguros para o aprendizado e o acesso à educação é direito de toda criança", afirmou Ban. "Ir à escola não deveria ser um ato de bravura."

Ele ofereceu ajuda da ONU para o Paquistão na sua luta contra o terrorismo, e pediu ao governo para encontrar e levar os criminosos à Justiça.

"Os corações do mundo todo estão com os pais e famílias que perderam seus entes queridos." Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também