Novos confrontos antes de reunião entre Kerry e Abbas

Novos confrontos aconteceram em Jerusalém antes da reunião entre o secretário de Estado americano John Kerry e o presidente palestino Mahmud Abbas

Jerusalém - Novos confrontos aconteceram nesta quinta-feira em Jerusalém antes da reunião entre o secretário de Estado americano John Kerry e o presidente palestino Mahmud Abbas, na Jordânia, para tentar reduzir a onda de violência em Israel e nos territórios ocupados.

No bairro árabe de Isawiya, em Jerusalém, quase 100 pessoas, incluindo crianças, tentaram bloquear a rua principal como resposta ao bloqueio da polícia às entradas do bairro.

Os policiais usaram gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar os manifestantes.

A tensão aumentou na quarta-feira com o anúncio de Israel de que pretende construir 200 novas residências no bairro de colonização de Ramot, em Jerusalém Oriental, uma decisão que preocupa Washington, segundo a porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki.

Após vários meses de confrontos, a violência afetou nos últimos dias de Jerusalém Oriental até a Cisjordânia ocupada, passando pelas localidades árabes de Israel, o que gerou o temor de uma nova intifada ("levante") palestina.

Abbas e Kerry se reúnem nesta quinta-feira em Amã, capital da Jordânia, para tentar reduzir a tensão, sobretudo na Esplanada das Mesquitas.

A Esplanada, um local sagrado para judeus e muçulmanos que inclui a mesquita de Al-Aqsa, onde rezam milhares de palestinos, se transformou em um dos epicentros da violência.

Os palestinos manifestam revolta com uma campanha de pequenos grupos judeus de extrema-direita que defendem o direito de rezar no local, apesar de Israel repetir que não tem a intenção de alterar o antigo "status quo", que permite a visita dos judeus ao local, mas sem a possibilidade de oração.

Na quarta-feira, o ministro da Segurança Pública israelense, Yitzhak Aharonovitch, anunciou a instalação de detectores de metal e de sistemas de reconhecimento facial na entrada da Esplanada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.