• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Libéria tem ao menos 12 mortes por uma doença não identificada

Segundo a OMS e as autoridades do país, estão sendo realizadas análises para identificar a doença, que deu resultados negativos nos exames de ebola
Libéria: "Foram declarados mais dois casos. O balanço global agora é de 21 pessoas doentes, das quais 12 morreram desde domingo 23 de abril", afirmou o porta-voz (AFP/Dominique Faget)
Libéria: "Foram declarados mais dois casos. O balanço global agora é de 21 pessoas doentes, das quais 12 morreram desde domingo 23 de abril", afirmou o porta-voz (AFP/Dominique Faget)
Por AFPPublicado em 02/05/2017 20:31 | Última atualização em 02/05/2017 20:31Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Ao menos 12 pessoas morreram em menos de dez dias na Libéria devido a uma doença não identificada que provoca febre e vômitos, e que deu negativo para ebola, informou na terça-feira o Ministério da Saúde liberiano.

Em Genebra, a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta terça-feira de novos casos desta doença, cujos primeiros pacientes foram identificados no condado de Sinoe, no sudeste da Libéria.

Segundo a OMS e as autoridades do país, estão sendo realizadas análises para identificar a doença, que deu resultados negativos nos exames de ebola e da febre de Lassa.

"Foram declarados mais dois casos. O balanço global agora é de 21 pessoas doentes, das quais 12 morreram desde domingo 23 de abril", afirmou o porta-voz da OMS Tarik Jasarevic.

A Libéria foi um dos três países gravemente afetados pela epidemia de ebola na África Ocidental entre 2013 e 2016.

Em junho de 2016, foi declarado o fim da epidemia na região, depois de ter deixado mais de 11.300 mortos, cerca de 99% deles na Guiné, Libéria e Serra Leoa.