França registra conflitos entre policiais e moradores contra isolamento

A França aplica um rigoroso confinamento desde 17 de março para conter a epidemia de coronavírus que matou quase 20.000 pessoas no país

Confrontos entre policiais e grupos de jovens foram registrados pela segunda noite consecutiva no domingo (19), em um subúrbio ao norte de Paris, após um controle que resultou em um motociclista ferido em meio ao confinamento  pelo coronavírus.

Os incidentes começaram por volta da meia-noite em Villeneuve-la-Garenne e duraram uma hora. Grupos de jovens queimaram veículos e jogaram dispositivos de pirotecnia na polícia, que respondeu com balas de borracha e gás lacrimogêneo, segundo um jornalista da AFP.

Os incidentes se espalharam para o subúrbio vizinho de Aulnay-sous-Bois, onde a polícia afirma ter sofrido uma "emboscada" por parte dos moradores de um conjunto habitacional social, ocupado principalmente por imigrantes. Eles afirmam estarem sujeitos a duras verificações policiais.

Quatro pessoas foram detidas, disse uma fonte policial à AFP.

 

Os distúrbios em Villeneuve-la-Garenne começaram na noite de sáado, depois que um motociclista foi ferido durante um controle da polícia.

O motociclista de 30 anos foi hospitalizado com uma perna quebrada e teve de passar por uma cirurgia depois de colidir com a porta aberta de um carro da polícia. Os moradores alegam que a porta foi aberta propositadamente pelos agentes.

Os policiais alegaram ter aberto a porta para controlar o jovem que estava em alta velocidade e sem capacete, e que quase atropelou um agente.

O homem entrará com uma queixa contra os agentes, disse seu advogado à AFP. O gabinete do promotor de Nanterre, perto de Paris, abriu uma investigação sobre o acidente e os atos de violência contra a polícia.

A França aplica um rigoroso confinamento desde 17 de março para conter a epidemia de coronavírus que matou quase 20.000 pessoas no país.

As autoridades anunciaram que as medidas de contenção começarão a ser gradualmente levantadas em 11 de maio.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também