• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Fim de uma era: Netanyahu deixa a residência oficial em Israel

Fora do poder pela primeira vez em 12 anos, Netanyahu tinha até 10 de julho para sair da residência oficial
Netanyahu: ex-premiê deixou a residência oficial (Reuters/Amir Cohen)
Netanyahu: ex-premiê deixou a residência oficial (Reuters/Amir Cohen)
Por Da Redação, com AFPPublicado em 11/07/2021 17:12 | Última atualização em 11/07/2021 17:13Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O ex-primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu deixou, neste domingo, 11, sua residência oficial. A mudança acontece um mês depois de ser substituído pelo agora novo premiê, Naftali Bennett, que tirou Netanyahu do poder após mais de uma década e quatro eleições em dois anos em Israel.

"Pouco depois da meia-noite, a família deixou a residência na [rua] Balfour", escreveu um porta-voz aos repórteres.

Caminhões de mudança foram vistos fora da residência neste fim de semana.

Após 12 anos de governo ininterrupto, Netanyahu foi destituído do poder em 13 de junho após as últimas eleições. A coalizão de seu partido, o Likud, não foi capaz de fazer alianças suficientes para garantir uma maioria no Parlamento.

Em uma aliança inédita que incluiu a direita, o centro e políticos árabes, o comando cabe agora à coalizão liderada por Yair Lapid, de centro, e Naftali Bennett, empresário de direita e ex-aliado de Netanyahu. Em um acordo, Bennett se tornou o novo primeiro-ministro, e depois cederá o cargo a Lapid.

Após confirmada a derrota, Netanyahu não deixou a residência oficial após essa data e continuou recebendo dignitários, incluindo a ex-embaixadora americana na ONU Nikki Haley.

Em junho, o gabinete de Bennett anunciou que 10 de julho seria a data final para a saída de Netanyahu da residência oficial.

Agora fora do cargo, Netanyahu enfrenta vários processos que podem complicar sua vida na Justiça.

Ele é acusado de ter recebido presentes (champanhe, joias e charutos) de personalidades ricas, de tentar obter cobertura da mídia favorável em um dos maiores jornais de Israel, Yediot Aharonot, e de favorecer um magnata das telecomunicações com objetivos semelhantes.

  • Vá além do básico e fique por dentro das principais análises econômicas. Assine a EXAME.