Exército egípcio mata 16 terroristas no Sinai

Pelo menos 16 supostos terroristas morreram neste sábado em um bombardeio aéreo do exército egípcio ao sul da cidade de Sheikh Zuaid, no norte da Península do Sinai

Cairo - Pelo menos 16 supostos terroristas morreram neste sábado em um bombardeio aéreo do exército egípcio ao sul da cidade de Sheikh Zuaid, no norte da Península do Sinai, informou o porta-voz militar, Mohammed Ali.

Ali explicou que a ofensiva foi lançada contra "focos terroristas em que haviam elementos de alto nível de periculosidade".

Entre os mortos está um alto dirigente jihadista, segundo o texto, que acrescenta que na operação foi destruído também veículo 4x4 equipado com uma metralhadora antiaérea.

O porta-voz militar informou que as Forças Armadas, apoiadas por engenheiros militares, desativaram uma carga explosiva colocada ao lado de uma estrada em que passariam dois ônibus do exército ao leste da cidade de Al Jaruba, também no norte do Sinai.

O Sinai se transformou em foco de instabilidade onde atuam vários grupos extremistas islâmicos, que aumentaram suas ações contra as forças da ordem desde que o presidente islamita Mohammed Mursi foi deposto em um golpe de estado militar em 3 de julho.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também