Acompanhe:

No próximo domingo, 22, os argentinos vão às urnas para o primeiro turno das eleições que vão definir o próximo presidente do país. Após primárias realizadas em agosto, cinco candidatos seguem na disputa.

O representante peronista e atual ministro da Fazenda, Sergio Massa; o ultradireitista Javier Milei, a ex-ministra de Segurança, Patricia Bullrich, o governador de Córdoba, Juan Schiaretti e Myriam Bregman, candidata da extrema-esquerda, disputam a preferência do eleitorado.

Entre os principais desafios do próximo presidente argentino estão a inflação de quase 140%, uma crise cambial e as contas públicas esgotadas. O país tem ainda 40% da população na pobreza. Na última semana, o instituto de estatística da Argentina registrou a inflação mais alta para um mês desde fevereiro de 1991, e sendo o segundo mês seguido de inflação de dois dígitos. Além disso, o valor do dólar disparou e pela primeira vez ultrapassou a barreira dos 1.000 pesos argentinos. 

Como funcionam as eleições na Argentina?

A eleição na Argentina começa ainda no Paso, as Primárias Abertas, Simultâneas e Obrigatórias. Os eleitores de 17 a 70 anos são obrigados a escolher entre os candidatos de cada coligação. Quem não atingir 1,5% dos votos fica fora da disputa. O modelo foi pensado para reduzir o número de candidatos no primeiro turno, e serve também como termômetro real de como andam as intenções de voto dos argentinos. A etapa acontece no país desde 2009.

Como e quando é o primeiro turno na Argentina?

O primeiro turno acontece neste domingo, 22 de outubro. A Argentina tem um sistema de votação parecido com o do Brasil: há eleição presidencial em dois turnos. Caso nenhum candidato supere 45% dos votos, ou 40% com mais de 10% à frente do segundo colocado, os dois mais votados disputam a etapa final, em 19 de novembro. O próximo presidente tomará posse em 10 de dezembro, para um mandato de quatro anos, até dezembro de 2027.

Como e quando é o segundo turno na Argentina?

No segundo turno, marcado para o dia 19 de novembro, o candidato mais votado é eleito presidente do país.

Quem são os candidatos à presidência da Argentina?

  • Sergio Massa, peronista e atual ministro da Fazenda;
  • Javier Milei, ultradireitista;
  • Patricia Bullrich, ex-ministra de Segurança;
  • Juan Schiaretti, governador de Córdoba;
  • Myriam Bregman, candidata da extrema-esquerda.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Após cortes e redução de incentivos de Milei, cultura argentina teme estar à 'beira do precipício'
Mundo

Após cortes e redução de incentivos de Milei, cultura argentina teme estar à 'beira do precipício'

Há um dia

Importação de gás da Argentina pode abastecer o Brasil e reduzir a tarifa; veja o que está em jogo
Brasil

Importação de gás da Argentina pode abastecer o Brasil e reduzir a tarifa; veja o que está em jogo

Há 2 dias

Argentina formaliza interesse em ser 'parceiro global' da Otan
Mundo

Argentina formaliza interesse em ser 'parceiro global' da Otan

Há 2 dias

Lula promete apoio à inclusão da Colômbia no Brics após revés com a Argentina
Mundo

Lula promete apoio à inclusão da Colômbia no Brics após revés com a Argentina

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais