Começa campanha de economia de energia no Japão

A finalidade da medida é reduzir o consumo e evitar cortes na provisão neste verão diante da paralisação de grande parte das usinas nucleares do país

Tóquio - O Japão entrou nesta segunda-feira (data local) no período de economia de energia voluntária decretada pelo governo a fim de reduzir o consumo e evitar cortes na provisão neste verão, no meio da paralisação da grande maioria das usinas nucleares do país.

O Executivo pediu a empresas e famílias para que até o dia 7 de setembro façam um esforço para economizar energia, especialmente na região de Kansai (centro), onde o objetivo é reduzir o consumo em até 15% neste verão.

Na região de Kyushu (sudoeste) se pede uma economia de 10%, enquanto em outras do norte e centro do arquipélago o corte buscado está entre 5% e 7% em relação aos níveis de consumo de 2010.

Trata-se do segundo verão consecutivo em que o Governo faz um apelo deste tipo, embora ao contrário de 2011 nesta ocasião a campanha seja voluntária e não obrigatória.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.