KFC pede desculpas após mensagem polêmica sobre tsunami

Publicação da marca no Facebook em meio a um alerta na Tailândia foi considerada "egoísta e insensível"

São Paulo - A KFC - Kentucky Fried Chicken - divulgou um pedido de desculpas na Tailândia depois de, em meio a alerta de tsunami ontem, publicar uma mensagem no Facebook incentivando as pessoas a correr para casa e "pedir um balde do frango da marca.

"Vá depressa para casa e acompanhe as notícias do terremoto. E não se esqueça de encomendar o seu menu de KFC favorito", disse a empresa, enquanto as pessoas eram avisadas para que saísses da zona das praias.

Como era de se esperar, o número de críticas à mensagem foi às alturas. Rapidamente, centenas de pessoas começaram a postar comentários irritados em diversos fóruns na internet, chamando a marca de insensível e egoísta.

Embora o terremoto da última quarta tenha ocorrido na Indonésia, a Tailândia já conheceu de perto a devastação que esse tipo de fenômeno pode causar. Em 2004, 230 mil pessoas, incluindo 8 mil tailandeses, morreran em consequência de um terremoto seguido de tsunami na Ásia.

Hoje, a mensagem no perfil da marca no Facebook foi removida e substituída por um pedido de desculpas.

" A equipe KFC Tailândia sabe que cometeu um erro e se arrepende disso. Pedimos desculpas pelo uso indevido de uma situação de catástrofe", disse.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.