Evino lança segunda marca própria de vinhos nacionais

A Evino lança a marca Solear com sete rótulos. Novidade é fruto de um trabalho feito com a Cooperativa Nova Aliança e com o consultor Diego Bertolini

A Evino, que surgiu há oito anos para comercializar vinhos de diferentes marcas, passou a apostar também em marcas próprias. Após lançar a Vibra! e o Vivid Rosé, agora a empresa lança a Solear.

Que tal viajar mais no mundo pós-pandemia? Conheça o curso de liberdade financeira da EXAME 

A novidade reúne 7 rótulos, divididos em Cabernet Sauvignon seco e suave, Merlot, Tannat, Chardonnay, Merlot rosé, e espumantes Moscatel branco e Moscatel rosé.

Essa é a primeira vez que a Evino introduz um Cabernet Sauvignon suave em seu portfólio, atendendo os pedidos dos consumidores. As safras de todos os rótulos na nova marca são de 2020, a melhor das últimas duas décadas no Brasil.

Neste primeiro momento, a empresa apresenta aos consumidores os rótulos Solear Cabernet Sauvignon 2020 Seco, Solear Cabernet Sauvignon Suave 2020 e Solear Merlot 2020, vendidos por R$ 39,90.

“Após o Vivid Rosé, que foi desenvolvido em parceria com a maior produtora da França, Castel Frères, lançamos agora nossa segunda marca 100% brasileira com o objetivo de apoiar a produção nacional de vinhos. Enquanto a Vibra!, nossa primeira linha própria, foi o resultado de uma parceria com a vinícola Góes, a Solear é fruto de um trabalho feito com a Cooperativa Nova Aliança e com o consultor Diego Bertolini”, diz Eduardo Souza, co-CEO da Evino.

Com uma congregação de 700 famílias associadas, a Cooperativa Nova Aliança possui mais de 80 anos de tradição na elaboração de vinhos, espumantes e sucos de uva. Já Diego Bertolini é consultor neste mercado há mais de 20 anos.

“Queremos abrir cada vez mais espaço para as vinícolas do nosso país, trabalhando com diferentes produtores em nossas marcas próprias”. Atualmente, o portfólio de marcas próprias da Evino representa 1,5% das vendas. A meta da empresa é chegar a 10% até o final de 2023.

Segundo o executivo, os principais diferenciais da nova marca estão na produção com vinhedos próprios e em espaldeira, colheita manual das uvas, vinificação por parcelas e produção limitada. Além disso, a filosofia por trás de Solear é a mínima intervenção de carvalho possível, potencializando assim o aroma e paladar frutado, assim como o frescor das bebidas.

Do clima temperado e com noites amenas vem o grande potencial da Serra Gaúcha, reconhecida pela qualidade de seus espumantes de padrão internacional, com destaque para os Moscatéis, que conquistam mais brasileiros a cada dia e hoje representam 44% dos espumantes consumidos no Brasil devido ao sua ótima relação custo-benefício. Além disso, o terroir da região tem como características menor luminosidade e solos basálticos, favorecendo a elaboração de vinhos com aromas intensos.

Já na Campanha Gaúcha, com uma altura de cerca de 300 metros e clima mais continental, o terroir de solo rico em granito e calcário, vasta amplitude térmica e boa luminosidade são ideais para o desenvolvimento das videiras e produção de uvas mais maduras. Assim, os vinhos da região são vinhos mais estruturados e potentes, preenchendo os requisitos necessários para se equiparar com grandes rótulos tranquilos do mundo todo.

 

 

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

 

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.