• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Dirigentes de marketing e comunicação ganham mais espaço no CENP

Líderes de marketing e comunicação da Santander, GM, Via Varejo, Burger King e Unimed-RJ são os novos membros do Conselho Superior do CENP. Essa e outras mudanças importantes nos estatutos abrem uma série de modernizações dentro da entidade, com liderança das entidades mantenedoras.
Por Da RedaçãoPublicado em 20/03/2021 11:21 | Última atualização em 20/03/2021 11:21Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Reunidas em assembleia, as entidades nacionais mantenedoras do CENP (ABAP, ABERT, ABMN, ABOOH, ABTA, ANER, ANJ, CENTRAL DE OUTDOOR, FENAPEX e FENAPRO) aprovaram por unanimidade ajustes nos estatutos que ampliam a participação de dirigentes de marketing e comunicação, bem como representantes diretos de anunciantes nos conselhos Superior e de Ética. 

É nesses dois conselhos, os mais importantes do CENP, que são tratados alguns dos temas mais relevantes e decisivos para o mercado publicitário. Por isso, as entidades de agências e veículos que compõem o CENP consideram fundamental contar com a participação de nomes de referência do setor marketing e que sejam também dirigentes de importantes empresas e setores anunciantes. Na assembleia, foi ressaltado que os profissionais de marketing, ao lado de profissionais de veículos e de agências, constroem as bases reais do mercado publicitário no dia a dia.

Os profissionais de marketing e comunicação serão indicados ao CENP pela Associação Brasileira de Marketing e Negócios (ABMN), entidade que reúne e representa empresas anunciantes em seu quadro, ou por representação direta, em indicações das entidades mantenedoras, com aprovação do Conselho Superior. No total, serão oito posições efetivas de líderes e dirigentes de marketing com assento nos principais conselhos do CENP.

A ABMN já ofereceu três indicações para o Conselho Superior e mais dois nomes foram indicados pelas entidades mantenedoras:

- Igor Puga, Diretor de Marketing e Marca do Santander,  

- Hermann Mahnke, Diretor Executivo de Marketing para a América do Sul da GM, 

- Ilca Sierra, Diretora de Marketing Multicanal e Marca da Via Varejo,

- Ariel Grunkraut, Vice-Presidente de Vendas, Marketing e Tecnologia do Burger King,

- Mauro Madruga, Superintendente de Mercado e Operações na Unimed-Rio. 

Esses nomes de referência no mercado, além de outros que estão em processo de confirmação, terão participação ativa nas discussões e decisões sobre as melhores práticas ético-comerciais do mercado publicitário brasileiro no ambiente autorregulado e as eventuais atualizações e modernizações que o modelo brasileiro venha a comtemplar.

Além da mudança na composição dos conselhos, neste contexto, uma consultoria está mapeando os anseios de anunciantes, veículos/plataformas e agências para ajudar a dinamizar e estabelecer um desenho moderno para o CENP, ainda mais renovado e conectado com as modificações de mercado.

“O compromisso de todos os que se reúnem no CENP ao longo de seus 22 anos é com o mercado brasileiro de marketing e publicidade. É neste fórum que temos conseguido, com muito empenho, empatia e respeito aos anseios de cada setor, gerir a autorregulação e evoluir o modelo de negócios", afirma Caio Barsotti, presidente do CENP. "Nosso objetivo permanente é promover o aprimoramento constante da qualidade dos serviços do mercado publicitário, a saúde financeira de todos os diferentes players e, neste sentido, propiciar condições para a livre concorrência, para sempre evitar o abuso do poder econômico.” 

Sobre o CENP

O Conselho Executivo das Normas-Padrão é uma entidade de ética comercial com atuação nacional, criada e mantida exclusivamente pelo setor privado para propor boas práticas comerciais entre anunciantes, agências de publicidade e veículos de comunicação.

Baseia-se nas Normas-Padrão da Atividade Publicitária, documento orientador de melhores práticas, atuando de forma permanente nas seguintes áreas:

- certifica a qualidade técnica da agência de publicidade, assegurando que ela tenha estrutura física e de pessoal compatível com o mercado no qual atua, inclusive quanto ao uso competente de pesquisas de mídia;

- mantém depósito, para comprovação pública, das listas de preços dos veículos de comunicação, instrumento inibidor de práticas desleais na oferta de preços pelos serviços de veiculação da publicidade;

- credencia os serviços de informações de mídia oferecidos pelas empresas especializadas e credencia, também, institutos/empresas para atuarem na verificação de circulação dos veículos de comunicação impressos;

- atua como fórum permanente de discussão técnico-comercial da área publicitária. Não é ente público, mas tem as normas e a certificação reconhecidas pela legislação federal como instrumento para entes públicos que utilizam a publicidade para o exercício da comunicação;

- é responsável pelo CENP-Meios, que mensura o investimento em mídia via agências de publicidade.

Para mais informações sobre o CENP e a Certificação de Qualificação Técnica, visite https://cenp.com.br/

Sobre a ABMN

A ABMN, Associação Brasileira de Marketing e Negócios foi fundada há mais de 40 anos, atuando como mediadora e incentivadora dos novos conceitos e práticas do Marketing & Negócios e contribuindo para o desenvolvimento empresarial no Brasil. 

Os esforços da entidade são concentrados em dois vetores:

- aos atuantes profissionais, nos seus vários níveis de decisão e;

- na academia, contribuindo para a formação dos profissionais.

Os esforços da ABMN têm sido dirigidos por meio de projetos e ações na busca incessante de identificar, manter e disseminar informações, casos de sucesso e temas de relevância que permitam aos seus associados e ao mercado refletir e evoluir, em um ambiente favorável para troca de experiências e conhecimentos de novas ideias.

Para mais informações sobre a ABMN, visite https://abmn.com.br/