Marketing

Concorrentes provocam depois de a United arrastar passageiro

Companhias concorrentes resolveram tirar proveito da situação, através de críticas e anúncios irônicos

Avião da Emirates: companhia fez uma provocação contra a United após a companhia arrastar um passageiro (Getty Images/Getty Images)

Avião da Emirates: companhia fez uma provocação contra a United após a companhia arrastar um passageiro (Getty Images/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 12 de abril de 2017 às 11h43.

Última atualização em 12 de abril de 2017 às 15h26.

Se você acompanhou as notícias mais quentes dos últimos dias, certamente se deparou com alguns vídeos, que rodaram o mundo, mostrando imagens de um passageiro sendo brutalmente retirado de uma das aeronaves da companhia aérea United, em Chicago.

Não bastasse a gafe absurda dos funcionários da empresa e o malabarismo do time de PR para fazer a gestão da crise de imagem da marca, agora as companhias concorrentes resolveram tirar proveito da situação, através de críticas e anúncios irônicos.

Aproveitando que nesta semana ganhou o título de melhor empresa do segmento de acordo com o TripAdvisor, a Emirates Online resolveu responder uma provação do CEO da United, que certa vez disse. “Essas companhias, não são companhias aéreas de verdade”. No anúncio abaixo, a Emirates rebate: “Não apenas somos uma companhia real, como somos a melhor companhia aérea”.

A Royal Jordanian foi um pouco mais sutil. "Arrastos em nossos voos são estritamente proibidos", diz a mensagem publicada nas redes sociais da companhia.

Este conteúdo foi originalmente publicado no site da AdNews.

Acompanhe tudo sobre:companhias-aereasEmirates AirlinesUnited Airlines

Mais de Marketing

Morre aos 80 anos Jaques Lewkowicz, fundador da agência Lew'Lara

Os times de futebol mais valiosos do Brasil e do mundo em 2024

As 10 marcas mais inclusivas do mundo, segundo pesquisa; Google lidera ranking

Igor Puga é o novo CMO da Zamp, dona do Burger King e Popeyes

Mais na Exame