CNN critica Papai Noel que alerta sobre aquecimento global

Uma reportagem da CNN compara o vídeo do Greenpeace com algo feito pela Al Qaeda, só que, no lugar dos reféns, aparece o Papai Noel

São Paulo - Esqueça o bom velhinho sorridente, carregando seu saco vermelho por aí, o Papai Noel da campanha abaixo, criada pelo Greenpeace, está sujo, maltrapilho e suado. O motivo? O aquecimento global.

O filme mostra o ator britânico Jim Carter, conhecido pelo seu papel na série Downtown Abbey, representando o bom velhinho. Aliás, o artista é membro da entidade há mais de 30 anos. No vídeo, Papai Noel até ressalta que enviou cartas a líderes mundiais como Barack Obama (EUA) e Vladmir Putin (Rússia), mas não obteve resposta.

Nem todo mundo está gostando da abordagem. Uma reportagem da CNN, por exemplo, compara o vídeo com algo feito pela Al Qaeda, só que, no lugar dos reféns, aparece o Papai Noel. Além disso, a emissora faz uma crítica velada à campanha, que tem até um website, dizendo que o aquecimento global, na verdade, diminuiu em 2013.

"O Papai Noel deveria celebrar o retorno do gelo", disse um porta-voz de uma organização científica de céticos sobre as mudanças no clima.

A matéria da CNN é bem parcial a favor do suposto fato de que o aquecimento global esteja desacelerando.

Até mesmo o comentário citado pela reportagem dá a entender que os internautas estão criticando o vídeo no YouTube por ele ser assustador para criancinhas. Na verdade, o vídeo está com avaliação mais positiva do que negativa (383 likes contra 54 dislikes até o momento).

Confira:

//www.youtube.com/embed/wr2LCTdIzd4?feature=player_embedded

Veja o vídeo da CNN:

//www.youtube.com/embed/wBS4_Keowy4?feature=player_embedded

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.