Anvisa suspende publicidade de todos os produtos Magnephoton

Segundo a Anvisa, os produtos não têm registro, notificação ou cadastro na agência e eram divulgados por meio do site da empresa

	Foi comprovada a divulgação irregular de produtos como sandálias e chinelos magnéticos
 (Reprodução)
Foi comprovada a divulgação irregular de produtos como sandálias e chinelos magnéticos (Reprodução)
P
Paula LaboissièrePublicado em 29/06/2015 às 15:55.

Brasília - Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (29) no Diário Oficial da União suspende a publicidade de todos os produtos da empresa Magnephoton. Os produtos são apresentados como detentores de propriedades medicamentosas e terapêuticas.

De acordo com o texto, foi comprovada divulgação irregular dos seguintes produtos: sandálias magnéticas, chinelos magnéticos, mocassim, sapatos masculinos, purificadores magnéticos, tala de punho munhequeira, faixa abdominal magnética, corretor postural, munhequeira magnética, palmilhas magnéticas, tornozeleira, máscara magnética e infravermelho, encosto/assento Bon Voyage.

Segundo a Anvisa, os produtos não têm registro, notificação ou cadastro na agência e eram divulgados por meio do site da empresa.

No site, são atribuídos a eles benefícios como ativar a circulação sanguínea, ajudar no controle da hipertensão e melhorar a função renal; auxiliar no fortalecimento do coração, colaborar no equilíbrio das taxas de colesterol, açúcar e ácido úrico; ajudar na eliminação de toxinas, melhorar a pressão arterial e regular o sistema hormonal.

A Agência Brasil entrou em contato com a empresa Magnephoton, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.