Além do anúncio: marcas investem em festas e ações criativas

Não basta mais uma propaganda tradicional: cada vez mais, marcas e agências especializadas investem em festas, eventos e experiências para os consumidores

São Paulo - Não dá para ser mais apenas uma propaganda. Está cada vez mais perceptível para as marcas que anúncios não são a única (e muitas vezes melhor) forma de chegar ao potencial consumidor.

Marcas que patrocinam festas e eventos - e aquelas que desejam se promover com ações fora da mídia - estão percebendo de forma clara que é preciso criar experiências para o público consumidor e estar presente de uma maneira criativa no dia a dia se quiserem ser de fato lembradas.

Algumas agências por trás de festas famosas no Brasil estão se especializando nos últimos anos em oferecer ativações criativas para seus parceiros enquanto todo mundo se diverte. Ao mesmo tempo, agradar o público e evitar propagandas chatas e inoportunas.

Já outras agências especializadas em Branding e Marketing BTL (Below the Line - aquele que não é focado na mídia) criam festas, ações e experiências para seus clientes que desejam construir sua marca e criar uma identidade perante esse público.

Em um mundo cada vez mais poluído visualmente, com imagens e comerciais por todos os lados, da rua à tela do computador, não interessa mais às marcas ficar na propaganda óbvia, direta e por vezes chata. Querem, sim, criar experiências para os consumidores de maneira natural, dentro de um contexto adequado.

Experiências

Pedro Alcântara, empresário fundador da Fun2U resume a ideia das ativações das marcas:

"Deixa de ser propaganda de uma marca para virar experiência. As marcas presentes em festas com ações despertam interesse e lembrança, ganham em awareness".

A empresa está por trás de festas famosas em São Paulo e no Rio, como Permita-se e Baile do Zeh Pretim.

Ja uma agência brasileira baseada em São Paulo que se especializou em branding construction e BTL é a MAK (Marketing Advanced Key Account), criada pelos irmãos Ricardo e Roberto Leão.

Ricardo diz que é um desafio sempre oferecer coisas novas aos clientes. "A ideia é nunca repetir a ideia, sempre pensar em novas experiências e ativações", explica.

"Hoje, as marcas não querem mais só 'estar em um evento', elas querem ser aquele evento e aquela experiência, querem participar com algo diferente e atingir o público".

Para Bruno Dias, sócio fundador da agência Haute, que cria e oferece eventos às marcas, toda ação precisa soar natural na interação com o público. 

"Não adianta só a propaganda. Os departamentos de marketing das empresas já estão tirando dinheiro do investimento em mídia e guardando para investir em BTL e tentar promover várias ações ao longo do ano", diz.

Veja a seguir quatro exemplos de agências e festas e seu trabalho com as marcas:

Fun2u

A empresa criada em 2011 por cinco sócios começou com uma única festa, mas em poucos anos aumentou esse número para 20 eventos em um único ano.

Pedro Alcântara está por trás de nomes famosos como Fica Comigo, Baile do Zeh Pretim, Permita-se e Aüslander. Em todas elas, as marcas parceiras como Red Bull, Ambev, Pernod Ricard e Liv Drinks ganham ativações especiais durante a festa.

"Não é só colocar a logomarca no flyer ou no site. Pensamos em como ativá-las de uma maneira criativa. E pensamos no público, que quer ter o seu 'big moment'", explica Pedro (ou Pedrinho, como é mais conhecido).

Na festa Permita-se, por exemplo, que acontece em São Paulo, a agência criou uma ação com a Red Bull ("Red Bull te dá asas"), já que o mote da festa era viver a vida "sem amarras".

Antes do evento, foram distribuídos pelo Brasil milhares de bonés com frases curiosas como "Permita-se dormir de conchinha" ou "Permita-se dançar o Lepo-Lepo".

Depois, pessoas influentes e formadoras de opinião de São Paulo ganharam um kit em casa onde foram convidadas a saltar de paraquedas, com apoio da Red Bull.

//player.vimeo.com/video/97841996

MAK

Na MAK do empresário Ricardo Leão, marcas recebem ajuda para constuir sua identidade e também se inserir em ações e eventos visados pelo público e pela mídia.

Criada em 2009, a agência construiu a plataforma Fire Up, que promove diversos tipos de evento em São Paulo, litoral e outras cidades.

No Festival de Gramado, por exemplo, a MAK criou a Budweiser Mansion, que virou o ponto de encontro dos artistas e do público no final do dia, durante todo o festival.

A presença de DJs famosos e artistas garantiu pista cheia e atenção às marcas, como NET e Feel Good. A Claro, por exemplo, tinha um ponto para que o público carregasse o celular. A Fusion e a Absolut tinham copos e drinks especiais para a festa. 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Ye_ImqLvGgk%5D

Durante a Copa, a MAK criou no Hotel Tivoli uma festa durante os jogos do Brasil, com espaço para marcas como Budweiser, José Cuervo e Feel Good.

Na Semana da Vela, que acontece na Ilha Bela, a marca Cutty Sark foi o centro das atenções, ganhando copos, drinsks e decoração especial.

A Aperol foi outra marca que pediu ajuda à MAK para estar presente no verão. A empresa promoveu festas durante toda a temporada no litoral paulista com a identidade da Aperol e contou com a presença do ator Cauã Reymond.

Ricardo conta que só em 2014 serão mais de 100 eventos. "A ideia é nunca repetir a ideia, sempre pensar em novas experiências e ativações".

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=b0xtRZcOL6Y%5D

Haute

A agência do sócio-fundador Bruno Dias nasceu em 2009 com outros três sócios, que transformaram  o hobby de organizar festas e viagens em negócio.

Bruno decidiu atrair marcas para festas diferenciadas, onde elas lidariam com um público diferenciado e formador de opinião.

Em suas festas, como Baile da Favorita, JK Sessions e a festa de Reveillon em Trancoso, há ativação de marcas como Budweiser, Suco do Bem, Dunhill, Olla e John John. São de 15 a 20 eventos por ano.

"A Haute tem projetos criados na agência, que serão vendidos no mercado para empresas e marcas. E também cria as ações para marcas já parceiras e para aquelas que nos procuram", diz.

No Shopping JK Iguatemi em São Paulo, por exemplo, uma ativação da Stella Artois foi feita na final do Torneio de Wimbledon.

A agência também criou um campeonato de kart em seis etapas e contou com a presença de Budweiser e Mitsubishi.

Em festas, para a Chivas, foi criada uma ação que incentivava o uso do táxi para o consumo consciente. Quem usava o táxi ganhava benefícios na festa.

Já para a Dunhill, foi montado um fumódromo em estilo londrino dentro da festa.

Inner

A Inner multi.art, criada pelo DJ André (Dre) Guazzelli, nasceu em 2005 e passou de uma única festa para um "movimento".

O selo está por trás de duas festas semestrais que mesclam música, arte, fotografia, curadoria de arte e muitas experiências. Além disso, promove ações com ONGs e o incentivo a novos artistas.

Na festa Inner multi.art (a próxima acontece no final de novembro) são esperadas 3500 pessoas e 120 artistas que mostrarão seus trabalhos.

Ela chega em sua 13ª edição. Há ativação, por exemplo, da Red Bull, que conta com um palco especial e a presença de DJs consagrados.

Já para levar e buscar convidados, a Inner conta com uma parceria com a Jeep.

Dre aproveita a parceria com as marcas para incentivar novos artistas e ainda oferecer benefícios a elas.

"Um time de fotógrafos, videomakers e outros artistas apoiados pela festa são ligados com as marcas quando elas precisam de serviços para festas e eventos", explica.

A Inner também promove ações sociais. Um exemplo são as aulas de ioga no Capão Redondo, em São Paulo, dadas para crianças carentes. Nessas ações há parceria com a Ipiranga.

Já para as viagens que Dre faz pelo país e outros continentes, onde leva sua música e o nome do movimento, há ativações com marcas como The North Face, Desperados e JanSport. //

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.