Marketing
Acompanhe:

21% já compraram produtos que viram no Pinterest

Estudo do PriceGrabber mostra que culinária é o maior interesse entre os conectados no site

Pinterest: ainda há espaço para crescer, diz estudo (Divulgação)

Pinterest: ainda há espaço para crescer, diz estudo (Divulgação)

C
Cris Simon

Publicado em 7 de abril de 2012, 13h21.

São Paulo - Uma pesquisa feita pelo PriceGrabber, site de comparação de preços do grupo Experian, mostrou que o Pinterest não apenas tem gerado tráfego de referência para varejistas online como também tem influenciado na decisão de compra: 21% dos usuários da rede social já compraram um produto que conheceram por meio das imagens compartilhadas.

Entre os produtos mais adquiridos, 33% estão relacionados a alimentos e cozinha, 32% a moda e vestuário, 30% a casa e decoração, e 26% a artes.

Buscar receitas de culinária foi considerada a atividade preferida entre os usuários da rede.

Cerca de 70% dos donos de perfis citam receitas e culinária como a categoria que mais comporta "pins".

A pesquisa levou em conta entrevistas com 4.851 consumidores online norte-americanos, entre 13 e 26 de março deste ano.

Veja mais alguns números

65% dos usuários do Pinterest publicaram "pins" ligados a casa e decoração no período estudado

53% publicaram conteúdos sobre artes

41% divulgaram ideias sobre compras e moda

34% compartilharam conteúdo sobre entretenimento

33% falaram sobre jardinagem


Com que frequência se conectam

37% dos usuários pesquisados se conectam na rede social mais de uma vez por semana, sendo que destes, apenas 10% acessam o site mais de uma vez por dia

55% criaram entre 2 e 10 "pinboards".


Ainda há espaço para crescer

58%
dos consumidores online americanos ainda não possuem conta no Pinterest

Desses, 89% não têm intenção de criar um perfil no site

32%
disseram que não conhecem a rede social