Recebi uma indenização trabalhista. Devo declarar no Imposto de Renda?

A EXAME Invest, em parceria com a IOB, responderá as perguntas dos leitores até o fim do prazo de declaração
Imposto de Renda: prazo de entrega da declaração termina dia 31 de maio (Arte/Exame)
Imposto de Renda: prazo de entrega da declaração termina dia 31 de maio (Arte/Exame)
Por Resposta de David Soares, analista editorial da IOBPublicado em 27/04/2022 08:12 | Última atualização em 26/04/2022 17:01Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Dúvida do leitor: Recebi uma indenização trabalhista em 2021. Essa indenização é passível de tributação? Devo declarar? Se sim, em que campo da declaração coloco essa informação?

Resposta de David Soares, analista editorial da IOB:

Carol leitor, verifique se há rendimentos isentos e se trata de rendimentos acumulados. Se for esse o caso, informe os valores isentos na ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”.

Tratando-se de ação judicial para rendimentos acumulados, informe-os no campo rendimentos recebidos da ficha “Rendimentos Tributáveis de Pessoa Jurídica Recebidos Acumuladamente” o valor da ação, incluídos os juros e diminuído dos honorários pagos ao advogado. Informe também a contribuição previdenciária descontada e o imposto retido na fonte.

Também pode ser feito o ajuste anual do rendimento ou declará-lo como exclusivo na fonte, não somando assim aos demais rendimentos. O valor pago de honorário advocatício deve ser informado sob o código 61 da ficha “Pagamentos Efetuados”, no caso de ações trabalhistas, ou sob o código 60, nas demais ações judiciais.