Embraer, Rumo, Vamos e o que mais move o mercado

Temor de conflito na Europa e iminente alta de juros nos EUA mantêm cautela no mercado internacional
Embraer: empresa firma parceria com Rolls-Royce para desenvolver aeronave regional Foto: Paulo Whitaker/ Reutrs (Paulo Whitaker/Reuters)
Embraer: empresa firma parceria com Rolls-Royce para desenvolver aeronave regional Foto: Paulo Whitaker/ Reutrs (Paulo Whitaker/Reuters)
Guilherme Guilherme
Guilherme Guilherme

Publicado em 17/02/2022 às 07:01.

Última atualização em 17/02/2022 às 10:50.

As bolsas internacionais operam em leve queda na manhã desta quinta-feira, dia 17, com investidores monitorando as tensões na Ucrânia e as perspectivas de alta de juros do Federal Reserve (Fed).

O Fed sinalizou em ata divulgada na tarde da última quarta-feira, dia 16, que deverá subir os juros de forma mais intensa do que em seu último ciclo de alta, iniciado em 2015, e acelerar a venda de títulos. Há grande expectativa para que o Fed eleve a taxa de juros americana já na próxima reunião, que será realizada em março.

Do lado geopolítico, a Rússia segue no centro das atenções, após a Otan e os Estados Unidos acusarem Moscou de elevar as tropas próximas da fronteira da Ucrânia. No início desta semana, o Ministério da Defesa russo havia anunciado o retorno de militares às bases de origem.

As incertezas políticas seguem penalizando o mercado europeu, onde a aversão ao risco predomina nesta manhã. A queda na bolsa russa supera 3%. Nos Estados Unidos, os índices futuros caem cerca de 0,5%. Nesta quinta, o país irá revelar seus pedidos semanais de seguro desemprego. A expectativa é de que sejam anunciados 219.000.

Onde Investir em 2022? Faça o teste e descubra se você está preparado para encontrar as melhores oportunidades de investimento do ano!

Balanços do dia

No Brasil, as atenções seguem com a temporada de balanços. O destaque do dia está com o setor de logística, com a divulgação dos resultados de Rumo (RUMO3) e Vamos (VAMO3). BR Properties (BRPR3), 3Tentos (TTEN3) e Aeris (AERI3) também irão apresentar seus números nesta quinta, após o encerramento do pregão.

Reação à Totvs

Já o resultado da Totvs (TOTS3), divulgado na última noite, deve refletir sobre os preços de suas ações nesta sessão. A empresa teve 120,3 milhões de reais de lucro líquido no quarto trimestre, representando crescimento anual de 25%. O número também superou o consenso da Bloomberg, de 112,3 milhões de reais de lucro. A receita cresceu 34% para 920,7 milhões de reais. 

Embraer

A Embraer (EMBR3) firmou parceria com a Widerøee e Rolls-Royce para estudar uma aeronave regional com emissão zero.

“O estudo cooperativo de 12  meses abordará as exigências dos passageiros de se manterem conectados,em um mundo pós-Covid-19, de forma sustentável, além de buscar acelerar o conhecimento tecnológico necessário para essa transição”, afirma a Embraer em comunicado ao mercado. 

Positivo

A agência de classificação de risco Fitch elevou a nota da Positivo (POSI3) para BBB+(bra). A reclassificação considerou a “expectativa de expansão da geração operacional de caixa e da escala de negócios da Companhia, como consequência, principalmente, de um portfólio de produtos mais completo, de sucesso em licitações públicas e de repasse de aumentos de custos.

Fertilizantes Heringer

A Fertilizantes Heringer (FHER3) entrou com pedido de encerramento do processo de recuperação judicial. O pedido, segundo a empresa, ocorre em função do decurso do prazo de dois anos da concessão da recuperação judicial e do "fiel cumprimento das obrigações assumidas no âmbito do plano aprovado". O pedido segue pendente na 2ª Vara Cível da Comarca de Paulínia.