Compra da Isaac pela Arco é estratégica, mas pode levar à diluição dos papéis, diz BTG (BPAC11)

Segundo o BTG Pactual, além das soluções de sistema de aprendizagem, a Arco agora poderá fornecer soluções de gerenciamento e back-office aos seus clientes
Arco Educação (Arco Educação/Divulgação)
Arco Educação (Arco Educação/Divulgação)
R
Raquel Brandão

Publicado em 07/10/2022 às 12:37.

Última atualização em 07/10/2022 às 16:07.

Dois anos depois, a Arco Educação está assumindo 100% do controle da Isaac, empresa que faz antecipação de mensalidades e gestão financeira de escolas de ensino básico. A empresa comprou os 75,1% do capital social da empresa de software em uma troca de ações. Apesar de estratégica, a aquisição pode levar a uma diluição significante dos papéis da Arco, avaliam os analistas do BTG Pactual (BPAC11).

A Arco já retinha 24,9% do capital social da empresa adquirida. Agora, os acionistas da Isaac vão receber 10.4 milhões de ações da Arco, cujos papéis são negociados nos Estados Unidos. A transação representa uma diluição de 14,2%, de acordo com os cálculos da equipe de análises do BTG Pactual. Já o valor estabelecido para a Isaac ficou em cerca de US$ 150 milhões.

A aquisição expande o portfólio de serviços da Arco. "Além das soluções de sistema de aprendizagem, a Arco agora poderá fornecer soluções de gerenciamento e back-office aos seus clientes. Em outras palavras, a oportunidade de venda cruzada parece considerável, já que apenas 2% dos clientes da Arco atualmente usam os serviços da Isaac", escrevem os analistas do BTG.

Resultados da Isaac

Com receita anualizada de R$ 188 milhões, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Isaac ainda está um pouco baixo do seu "breakeven". A Arco espera um Ebitda positivo até o início de 2024, o que significa que as previsões operacionais da equipe do BTG Pactual para a empresa consolidada não devem mudar muito, implicando alguma diluição do lucro por ação nos próximos anos.

Já do ponto de vista de caixa, a operação não puxa a alavancagem da empresa, já que a troca é em ações.

O sistema da Arco é utilizado por mais de 405 mil estudantes em 1140 escolas privadas do país. O BTG manteve recomendação neutra, com preço alvo da ação em US$ 18.