Com Copa e feriado nos EUA, volume de negociações na bolsa cai 60%

Pregão é marcado pela estreia do Brasil na Copa do Mundo e feriado de Ação de Graças nos EUA
 (Germano Lüders/Exame)
(Germano Lüders/Exame)
Beatriz Quesada
Beatriz Quesada

Publicado em 24/11/2022 às 17:38.

Última atualização em 24/11/2022 às 19:06.

A bolsa brasileira teve um dia de pregão estático nesta quinta-feira, 24. O índice não apresentou grandes variações desde que o Brasil entrou em campo em sua estreia na Copa do Mundo 2022 às 16h, e fechou o dia em alta perto de 3%.

A falta de movimentação na bolsa foi vista também no volume. O volume financeiro transacionado na bolsa de valores no dia foi de R$ 14,14 bilhões – 59,8% abaixo da média do mês de outubro, que é de R$ 35,18 bilhões.

O volume também ficou abaixo da negociação da véspera, que foi de R$ 27,1 bilhões. De ontem para hoje, o volume caiu 22,9%. 

Leia também: Em dia de Copa, Ibovespa sobe 2,75% com sinalização de Pérsio Arida no governo Lula

Além da Copa, que tirou o foco dos investidores no Brasil, o volume de negociações também foi prejudicado pelo feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos. As bolsas americanas estão fechadas, e, sem o investidor gringo, o volume da bolsa cai com mais força.