• BVSP 117.669,90 -0,5%
  • USD 5,6786 -0,0022
  • EUR 6,7616 +0,0000
  • ABEV3 15,43 -0,13%
  • BBAS3 29,27 +0,55%
  • BBDC4 25,25 +0,04%
  • BRFS3 23,91 -1,97%
  • BRKM3 43,57 -0,98%
  • BRML3 9,95 +1,95%
  • BTOW3 62,7 -0,85%
  • CSAN3 89,25 -0,45%
  • ELET3 35,45 -1,50%
  • EMBR3 16,02 -0,37%
  • Petróleo 63,27 +0,51%
  • Ouro 1.741,70 -0,18%
  • Prata 25,28 -0,18%
  • Platina 1.203,00 -0,52%

C&A vai construir duas usinas solares para abastecer lojas

Varejista de moda irá garantir a energia de 11 lojas no Rio de Janeiro e em Brasília por 10 anos. Usinas terão 7 mil módulos fotovoltaicos

A varejista de moda C&A irá construir duas usinas solares com 7 mil módulos fotovoltaicos, com uma potência instalada de 2,5 MW, capazes de gerar 5,5 GWh de energia por ano. O empreendimento deverá garantir o abastecimento de 11 lojas da companhia, no Rio de Janeiro e em Brasília, por 10 anos. As usinas serão instaladas e operadas pela Faro Energy, especializada em projetos de energia limpa.

Você conhece as três letras que podem turbinar seus investimentos? Conheça a cobertura de ESG da EXAME Research

O uso da energia solar, pelas contas da C&A, irá economizar cerca de 20 milhões de reais em todo o período, além de evitar a emissão de 1,8 mil toneladas de carbono, o equivalente ao emitido por 1 mil carros com média de rodagem de 12 mil km. A energia gerada nas usinas da varejista é suficiente para abastecer quase 3 mil residências.

“Fomos pioneiros em utilizar o Mercado Livre de Energia, que permite a compra de energia de fontes renováveis, para abastecer nossa operação”, afirma Ciro Neto, diretor de desenvolvimento e expansão da C&A no Brasil. “Até o ano passado, habilitamos 200 lojas para receber energia limpa por meio desta modalidade.”

Segundo Pedro Mateus, CEO da Faro Energy, a empresa já investiu 250 milhões de reais em projetos de energia renovável no país. A meta é chegar a 800 milhões investidos nos próximos dois anos.

Energia solar atrai novas empresas

energia solar vive um momento único no Brasil. No último ano, mesmo em contexto de pandemia, a capacidade energética do setor cresceu cerca de 52% e hoje, a solar é vista como a principal fonte a encabeçar a retomada verde no país e a transição para uma economia 100% limpa e renovável, seguida da eólica, hidrelétrica e do gás natural.

A ascensão também se refletiu no ambiente corporativo: em 2020, surgiram cerca de 450 novas empresas do setor a cada mês. Neste ano, as estimativas são ainda mais otimistas, e a perspectiva é de que 5.400 companhias comecem suas operações no Brasil até dezembro, segundo mapeamento do Portal Solar, principal marketplace de energia solar fotovoltaica no país. O crescimento, segundo a empresa, corresponde a uma alta de 27% quando comparado ao volume total de empresas no segmento fotovoltaico no país, que hoje conta com 20 mil companhias.

O surgimento de novas empresas não é algo incomum no setor. Em uma pesquisa realizada em 2020, o Portal Solar concluiu que apenas 12,3% das empresas que atuam com energia solar fotovoltaica estão no mercado há mais de quatro anos, enquanto a maior parcela delas (41,2%) está no ramo há menos de um ano.

Assine a newsletter Exame.ESG e descubra como a sustentabilidade empresarial impacta diretamente a performance de seus investimentos 

    

                

                    

                         

                        

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

                        

                        

                            

                            

                            

                            

                            

                            

                            

                            

                            

                            

                            

 

                        

                        Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

                

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.