Steph Curry pede dicas sobre criptoativos e anuncia parceria com exchange

Após pedir dicas e dizer que estava começando a participar do mercado de criptoativos, jogador da NBA anuncia que se tornou sócio da corretora cripto FTX

O jogador de basquete Stephen Curry, do Golden State Warriors utilizou o seu perfil no Twitter para pedir dicas sobre como começar a investir no mercado de criptoativos. Depois de milhares de respostas, anunciou que agora é acionista da FTX, uma das principais corretoras do setor no mundo.

"Estou começando no jogo cripto... vocês têm algum conselho?", publicou o craque da NBA na terça-feira, 7. O tweet foi respondido por mais de 20 mil pessoas, inclusive o CEO da MicroStrategy, Michael Saylor; o fundador da rede Cardano, Charles Hoskinson; o astro da NFL, Tom Brady; e diversas empresas de criptoativos, como a exchange Binance, que sugeriram diversos conteúdos sobre o assunto para o atleta.

Algumas horas mais tarde, entretanto, a exchange FTX publicou, em seu perfil oficial, um vídeo bem-humorado para anunciar que Curry será um dos acionistas da empresas. Segundo a FTX, o objetivo de ter o atleta como um embaixador da marca é expandir o seu alcance e "divulgar a viabilidade dos criptoativos para novas audiências ao redor do mundo", disse a empresa em comunicado. O texto afirma que Curry irá receber uma participação na corretora e sua fundação beneficiente, chamada "Eat.Learn.Play", receberá contribuições anuais da FTX e será parceira da empresa para iniciativas ligadas à caridade.

"Depois de conhecer e falar com Stephen, ficou claro que ele se encaixa perfeitamente na FTX. Seu compromisso incansável com a caridade ao lado de uma ética de trabalho feroz para se tornar o maior em qualquer área em que pisar, seja basquete, investimentos ou negócios, se alinham perfeitamente com os valores centrais da FTX", disse Sam Bankman-Fried, CEO da corretora.

"Estou animado com a parceria com uma empresa que ajuda a desmistificar o universo cripto e elimina os fatores de intimidação para usuários de primeira viagem", afirmou Curry, no texto. "A FTX é parecida comigo quando se trata de retribuir à comunidade de maneira significativa, e mal posso esperar pelo que poderemos alcançar juntos", completou.

A FTX é atualmente a terceira maior corretora de criptoativos do mundo por volume de negociações diárias, atrás apenas da Binance e da Coinbase. Seu fundador e CEO, Sam Bankman-Fried, é um dos bilionários do mercado cripto e tem planos ambiciosos para o setor - recentemente, após a companhia receber aporte de 900 milhões de dólares e ser avaliada em 18 bilhões de dólares, ele afirmou acreditar ser possível que, no futuro, a FTX possa adquirir grandes players do mercado, como o banco Goldman Sachs ou a CME Group, responsável pela Bolsa de Chicago.

Agora, Curry, que recentemente também anunciou a compra do seu primeiro NFT - por quase 1milhão de reais - estará ao lado de outras duas celebridades que também se tornaram sócias da FTX: o casal Gisele Bundchen e Tom Brady, que anunciaram a parceria com a empresa em junho. Além de acionistas, eles também divulgaram que terão bônus pagos com criptomoedas.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também