Ex-presidente do Fed muda de opinião e reconhece benefícios das criptos

Atual secretária do Tesouro norte-americano, Janet Yellen diz que continua cética, mas agora reconhece os benefícios dos criptoativos e diz que suas inovações podem ser saudáveis
Economista citou em suas preocupações com o setor a estabilidade financeira (Christopher Aluka Berry/Reuters)
Economista citou em suas preocupações com o setor a estabilidade financeira (Christopher Aluka Berry/Reuters)
G
Gabriel MarquesPublicado em 25/03/2022 às 15:31.

Janet Yellen, ex-presidente do Fed e atual secretária do Tesouro norte-americano, afirmou em entrevista que, apesar de "continuar um pouco cética", agora enxerga os benefícios dos criptoativos e reconhece que inovações nos meios de pagamento podem ser saudáveis. A economista também disse esperar ter mais regulações para a classe de ativos em breve, que permitam sua evolução.

Em entrevista à CNCB, Yellen, ao ser perguntada sobre a possibilidade da Rússia aceitar bitcoin como pagamento por petróleo, explicou: “Cripto obviamente cresceu muito, e agora tem um papel importante, não em transações, mas em decisões de investimento de vários americanos”.

Ela também comentou o decreto do presidente dos EUA Joe Biden, que prevê um aumento nos esforços para regular o setor cripto no país. “Nós esperamos lançar, em algum momento, recomendações que vão criar um ambiente regulatório que permita que as inovações aconteçam de forma segura”.

(Mynt/Divulgação)

A secretária afirmou também que continua um pouco descrente com a classe de ativos, mas listou seus motivos e se mostrou entusiasmada com o futuro do setor: “Eu sou um pouco cética, porque acredito que existam preocupações relevantes. Algumas são sobre estabilidade financeira, proteção do investidor pessoa física, o uso em transações ilícitas, e outras coisas. Por outro lado, existem benefícios vindo de cripto, e nós reconhecemos que inovações nos sistemas de pagamento podem ser saudáveis”.

O sucessor de Yellen, Jerome Powell, afirmou mais uma vez nessa semana, durante um evento que reunia diversos presidentes de bancos centrais, que vê a necessidade de um “consenso” em relação aos criptoativos. Segundo ele, este consenso viria a partir da união com outras entidades do mundo todo e poderia ajudar a garantir a segurança do investidor.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok