CVM dos EUA processa empresa e ex-CEO por manipulação de preço de criptomoeda

Idealizador do token Hydro, Michael Ross Kane é acusado pela SEC de criar esquema fraudulento com lucro de mais de US$ 2 milhões
Para a SEC, os acusados criaram uma “imagem enganosa da atividade de mercado” do token Hydro (Divulgação/Divulgação)
Para a SEC, os acusados criaram uma “imagem enganosa da atividade de mercado” do token Hydro (Divulgação/Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 29/09/2022 às 12:52.

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) processou na quarta-feira, 28, a empresa The Hydrogen Technology, seu ex-CEO e o atual CEO da Moonwalkers Trading Limited. As acusações estão ligadas a um suposto esquema de manipulação de mercado.

Em comunicado, a SEC informou que os acusados foram responsáveis por realizar ofertas e vendas não registradas de um criptoativo, o Hydro, com manipulação de preço e volume negociado. Ao todo, o token gerou mais de US$ 2 milhões para a Hydrogen.

(Mynt/Divulgação)

De acordo com a organização, o ex-CEO da Hydrogen, Michael Ross Kane, criou o token Hydro e realizou a distribuição pública dele por diversos métodos, incluindo programas de recompensa, compensação de funcionários e vendas diretas em plataformas de negociação.

Outro método usado por Kane, segundo a SEC, é o chamado “airdrop”, quando há um envio de tokens e criptomoedas para pessoas mesmo sem a solicitação das mesmas.

“Depois de distribuir o token dessa maneira, Kane e a Hydrogen contrataram a Moonwalkers, uma empresa com sede na África do Sul, em outubro de 2018, para criar a falsa aparência de atividade de mercado robusta para o Hydro”, afirma a SEC.

A manipulação envolveu o uso de um software de negociação personalizado que vendia o Hydro, inflando artificialmente o mercado e gerando lucro para a Hydrogen.

No comunicado, a SEC destacou que “as empresas não podem evitar as leis federais de valores mobiliários estruturando as ofertas e vendas não registradas de seus valores mobiliários como recompensas, compensações ou outros métodos semelhantes”.

“Como mostra nossa ação de fiscalização, a SEC aplicará as leis que proíbem esses esquemas de obtenção de fundos não registrados para proteger os investidores”, disse a instituição.

Para a SEC, os acusados criaram uma “imagem enganosa da atividade de mercado” do Hydro, manipulando os investidores.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok