Clientes Visa fizeram US$2,5 bi em pagamentos vinculados a criptomoedas

O volume de pagamentos apenas no último trimestre fiscal da empresa correspondeu a 70% do volume total de pagamentos em cripto da Visa durante o último ano
Empresas como Coinbase e a BlockFi também já fizeram parceria com a Visa (SOPA Images/Getty Images)
Empresas como Coinbase e a BlockFi também já fizeram parceria com a Visa (SOPA Images/Getty Images)
C
Coindesk

Publicado em 29/01/2022 às 10:30.

Última atualização em 31/01/2022 às 17:36.

Os usuários da Visa fizeram 2,5 bilhões de dólares em pagamentos com cartões conectados a criptomoedas durante o primeiro trimestre fiscal da empresa, que foi encerrado em 31 de dezembro, disse o CEO da Visa, Al Kelly, na reunião de resultados da empresa na última quinta-feira, 27.

O número do trimestre já configura 70% do volume de criptomoedas da Visa para todo o ano fiscal de 2021, que terminou em 30 de setembro, acrescentou Kelly na reunião com analistas. Mais de 65 plataformas e corretoras de criptomoedas, incluindo a Coinbase e a BlockFi, fizeram parceria para emitir credenciais da Visa, afirmou a empresa.

Mais de 100 milhões de vendedores na rede Visa também estão aceitando pagamentos em criptomoedas, acrescentou a empresa.

Kelly disse que a Visa continua a “entrar no espaço das criptomoedas” e melhorar áreas como conectividade, escalabilidade, propostas de valor ao consumidor, confiabilidade e segurança para que as ofertas de criptomoedas continuem crescendo.

A empresa disse em sua declaração de lucros que o total de transações processadas pela Visa no trimestre foi de 47,6 bilhões de dólares, um aumento de 21% em relação ao ano anterior.

Em dezembro, a Visa formou uma consultoria global em criptomoedas para ajudar instituições financeiras a desenvolver seus negócios de criptomoedas à medida que a demanda por produtos de cripto continua crescendo.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok