Acompanhe:

Ford anuncia que irá retornar à Fórmula 1 em 2026

"Este é o começo de um novo capítulo emocionante na história do automobilismo da Ford", afirmou presidente executivo da Ford Motor Company, Bill Ford

Modo escuro

Ford: Quase 20 anos depois de sua última participação em 2004, a montadora quer produzir motores com maior potência e combustíveis 100% sustentáveis (Twitter/Divulgação)

Ford: Quase 20 anos depois de sua última participação em 2004, a montadora quer produzir motores com maior potência e combustíveis 100% sustentáveis (Twitter/Divulgação)

A
Antonio Souza

Publicado em 3 de fevereiro de 2023, 12h08.

Última atualização em 3 de fevereiro de 2023, 12h46.

A Ford anunciou nesta sexta-feira, 3, que irá retornar as competições de Fórmula 1 a partir de 2026. A gigante automotiva confirmou sua intenção de retornar à competição quando novos regulamentos de motores forem introduzidos.

Quase 20 anos depois de sua última participação em 2004, a montadora quer produzir motores com maior potência e combustíveis 100% sustentáveis. A equipe já ganhou 10 campeonatos de construtores e 13 campeonatos de pilotos, se tornando uma das fabricantes mais bem sucedidas na história da Fórmula 1.

Stefano Domenicali, presidente e CEO da F1, disse: “A notícia de que a Ford está chegando à Fórmula 1 a partir de 2026 é ótima para o esporte e estamos entusiasmados em vê-los se juntar aos incríveis parceiros automotivos que já estão na Fórmula 1.

Bill Ford, presidente executivo da Ford Motor Company, afirmou que é o começo de um nova história  para a montadora. “Este é o começo de um novo capítulo emocionante na história do automobilismo da Ford, que começou quando meu bisavô [Henry Ford] venceu uma corrida que ajudou a lançar nossa empresa", acrescentou.

Mohammed Ben Sulayem, presidente da FIA (Federação Internacional do Automóvel) afirmou: “Existem poucos fabricantes que têm uma história tão celebrada no automobilismo como a Ford, então vê-los voltando ao Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA é uma excelente notícia."

O anúncio da Ford aconteceu minutos antes da revelação do novo carro da RBR para a temporada 2023. Outra montadora também ingressará na F1 em 2026, a Audi que adquiriu uma participação minoritária na operação da Sauber.