Economia

PSD anuncia apoio a projeto alternativo na Câmara

O presidente nacional da sigla e secretário de Governo de São Paulo, Gilberto Kassab, e parlamentares do partido se reuniram nesta sexta, 24, em Aracaju (SE), para discutir o assunto

 (reprodução/Agência Brasil)

(reprodução/Agência Brasil)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 25 de março de 2023 às 08h58.

O PSD na Câmara se antecipou ao ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e declarou apoio a proposta alternativa de arcabouço fiscal protocolada pelo deputado Pedro Paulo (PSD-RJ), que agrada ao setor financeiro. O presidente nacional da sigla e secretário de Governo de São Paulo, Gilberto Kassab, e parlamentares do partido se reuniram nesta sexta, 24, em Aracaju (SE), para discutir o assunto.

O partido tem três ministérios na administração Lula, mas uma parte dos parlamentares, principalmente na Câmara, ainda resiste a aderir completamente à base governista no Congresso. "O que nos motivou é a preocupação que temos em relação à proposta que possa vir do governo que não contemple a rigidez necessária de medidas que preservem o equilíbrio fiscal ou conquistem o equilíbrio fiscal. Hoje, não temos nenhuma proposta."

Acompanhe tudo sobre:economia-brasileiraNovo arcabouço fiscalPSD – Partido Social Democrático

Mais de Economia

Novos dados aumentam confiança do Fed em desaceleração da inflação, diz Powell

Lula pede solução de contradições de europeus para acordo com Mercosul

Crescimento econômico da China desaponta e pressiona Xi Jinping

Prévia do PIB: IBC-Br sobe 0,25% em maio, após estabilidade em abril

Mais na Exame