Ciência

Vacina da Pfizer preocupa autoridades após casos de reação alérgica

Órgão regulador britânico emitiu um aviso após dois membros do Serviço Nacional de Saúde terem reações alérgicas após as aplicações. Ambos passam bem

Vacina Pfizer e BioNTech: campanha de vacinação teve início essa semana no Reino Unido (Dado Ruvic/Reuters)

Vacina Pfizer e BioNTech: campanha de vacinação teve início essa semana no Reino Unido (Dado Ruvic/Reuters)

LP

Laura Pancini

Publicado em 9 de dezembro de 2020 às 10h18.

De acordo com a Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde (MHRA) do Reino Unido, pessoas com histórico de reações alérgicas "significativas" não devem receber a vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Pfizer e a BioNTech.

O órgão regulador britânico atualizou suas orientações aos serviços de saúde alertando que “qualquer pessoa com histórico de reação alérgica significativa a uma vacina, medicamento ou alimento (como histórico de reação anafilactoide ou aqueles que foram aconselhados a transportar um autoinjetor de adrenalina) não devem receber a vacina Pfizer BioNtech."

O aviso de precaução veio depois que dois membros do Serviço Nacional de Saúde (NHS) da Grã-Bretanha, que receberam a vacina na terça-feira, tiveram reações alérgicas à injeção. Ambos estão se recuperando bem, segundo o diretor médico nacional do NHS.

“Como é comum com as novas vacinas, a MHRA aconselhou, por precaução, que pessoas com histórico significativo de reações alérgicas não recebam esta vacinação”, disse o professor Stephen Powis, diretor médico nacional do NHS em comunicado.

O Reino Unido foi o primeiro país do mundo a aprovar a vacina da Pfizer com a BioNTech na semana passada. A campanha de vacinação teve início na terça-feira (8) e está priorizando trabalhadores de saúde e aqueles com mais de 80 anos em primeiro lugar na fila para serem vacinados.

Acompanhe tudo sobre:CoronavírusPfizerReino Unidovacina contra coronavírusVacinas

Mais de Ciência

Dia do Amigo: relação é fundamental para a saúde mental, diz psicóloga

Álcool: quanto você pode beber e ainda assim ficar saudável?

Caverna na Lua poderia abrigar humanos; entenda

Mais na Exame