Avião é mais seguro que ir às compras em tempos de covid-19, diz Harvard

Outros dois pontos que aumentam a segurança em viagens aéreas são a desinfecção e o monitoramento dos passageiros

Um estudo feito pela universidade americana de Harvard mostra que viajar de avião pode ser mais seguro do que fazer compras em um supermercado ou comer em um restaurante em tempos de novo coronavírus. Quer entender a evolução da pandemia e o cenário de reabertura no país? Acesse a EXAME Research.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores usaram um modelo computacional para entender melhor como funcionava a corrente do ar dentro das cabines e descobriram que a ventilação utilizada no veículo consegue filtrar 99% dos vírus transmitidos pelo ar. Com o uso de máscaras durante a viagem, então, os pesquisadores identificaram que as pessoas correm menos risco de infecção.

Outros dois pontos que aumentam a segurança em viagens aéreas são a desinfecção e o monitoramento dos passageiros — as companhias aéreas instituíram uma limpeza das cabines que removem partículas do vírus de superfícies que são frequentemente tocadas e exames frequentes dos funcionários, com verificação de sintomas e temperaturas a fim de evitar exposição.

Apesar de o estudo ter sido financiado por companhias aéreas, fabricantes de avião e aeroportos, a universidade insiste que isso não impactou nos resultados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.