Verstappen leva GP do Azerbaijão com tranquilidade após abandono da Ferrari

Com a vitória, a 25.ª da carreira, ele se iguala aos icônicos Niki Lauda e Jim Clark; Verstappen abre vantagem no Mundial de Pilotos
Fórmula 1: Sergio Perez, da Red Bull, e George Russell, da Mercedes, completaram o pódio (Mark Thompson/Getty Images)
Fórmula 1: Sergio Perez, da Red Bull, e George Russell, da Mercedes, completaram o pódio (Mark Thompson/Getty Images)
A
Agência O GloboPublicado em 12/06/2022 às 12:59.

Max Verstappen, da Red Bull, venceu o Grande Prêmio do Azerbaijão de Fórmula 1, neste domingo. O piloto holandês largou da terceira posição, assumiu a liderança após abandono de Charles Leclerc na vigésima volta e teve tranquilidade para levar a bandeirada ao final da corrida, em Baku. Essa é a 25.ª vitória da carreira de Verstappen na categoria, marca que o iguala aos icônicos Niki Lauda e Jim Clark.

Sergio Perez, da Red Bull, e George Russell, da Mercedes, completaram o pódio. Lewis Hamilton ficou com a quarta colocação, seguido por Pierre Gasly, da AlphaTauri na quinta.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

— Conseguimos acertar o carro, o desgaste do pneu, tivemos um pouco de sorte pela quebra das Ferraris, mas estou feliz porque o carro estava equilibrado, com um ritmo bom. Os pneus se comportaram bem, a aderência era boa. É o que precisávamos — disse o atual campeão mundial.

A vitória vem como uma redenção para Verstappen depois de abandonar em Baku no ano passado. Essa, aliás, foi a primeira vez que o piloto da Red Bull cruzou a linha de chegada em primeiro neste circuito, que desde a primeira edição, em 2017, não repetiu vencedores.

Destaques durante os treinos do fim de semana, as Ferraris de Charles Leclerc e Carlos Sainz enfrentaram problemas durante a corrida. Ambos os pilotos precisaram abandonar a prova ainda no início.

Com este resultado, Verstappen chega a 150 pontos, cinco vitórias em oito etapas, e segue na liderança no Mundial. Perez está em segundo, com 129 e Charles Leclerc, em terceiro mesmo sem pontuar (116).

LEIA TAMBÉM:

Bia Haddad conquista título inédito e entrará no top 40 do tênis pela 1ª vez