A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Protesto em frente a Casa Branca pede a Biden 'verdade sobre alienígenas'

A pressão pública para que os Estados Unidos liberem o que sabem sobre supostos extraterrestes cresceu após um relatório do Pentágono apontar 144 avistamentos de óvnis

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia.

Ainda que as autoridades americanas digam que não conseguem explicar certos fenômenos aéreos não identificados, ativistas que acreditam em extraterrestres organizaram um protesto na capital Washington nesta sexta-feira, 2, exigindo que o governo Biden revele "a verdade sobre a vida alienígena para todo o povo americano".

O movimento ganhou força no final do mês, quando o Pentágono, por meio de um relatório, admitiu ter registros de 144 casos de avistamentos de objetos misteriosos e para os quais somente um há elucidação.

No documento, o órgão descreve ter ciência de que todos os casos são avistamentos de "objetos físicos", e por isso, segundo apurou o New York Times, a inteligência americana tem ressalvas sobre se tratar de tecnologia experimental de nações rivais, como Rússia ou China, que testariam, por exemplo, material supersônico.

Para se ter uma ideia, em 80 incidentes relatados haviam dados coletados por vários tipos de sensores. Em 11 casos, os pilotos relataram uma colisão de "quase acidente" com esses objetos estranhos. No entanto, não há "indícios de que haja uma explicação extraterrestre" para os fenômenos, mas também não foi descarta essa possibilidade.

O evento de hoje é mais um empurrão da pressão pública para que os Estados Unidos sejam mais transparentes sobre os supostos alienígenas. A crença de que o governo americano oculta algo cresce há décadas, enquanto grupos civis coordenados por ufólogos (especialistas em óvnis) argumentam que não faltam evidências de que UFOs são reais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também