Casual

Praia catarinense ganhará grafite mais alto do Brasil

Lateral de edifício com mais de 110 metros de altura, em Balneário Camboriú, terá mural com curadoria feita pela Open Street Gallery

O grafiteiro Marlon Muk responsável pela arte na empena. (Divulgação/Divulgação)

O grafiteiro Marlon Muk responsável pela arte na empena. (Divulgação/Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 22 de fevereiro de 2023 às 12h16.

Um dos edifícios mais icônicos e central de Balneário Camboriú, cidade do litoral norte-catarinense que ficou conhecida internacionalmente pelos arranha-céus de luxo, vai ser repaginado com as cores do artista Marlon Muk. O mural a céu aberto terá 111,77 metros de altura por 5,54 metros de largura, totalizando 619,20 metros quadrados e será considerado o mais alto do Brasil e está entre os mais altos do mundo.

A ação faz parte do projeto #cidadeincomparável, realizado pela construtora EMBRAED em parceria com o movimento Open Street Gallery. A pintura começou em 17 de fevereiro e deve levar 10 dias para ser concluída, se as chuvas que estão assolando viários pontos do litoral brasileiro permitirem.

“Criamos o projeto #cidadeincomparável para interagir diretamente com as pessoas que circulam pela cidade e também para criar um encontro da vida urbana com a arte de forma criativa e orgânica. As intervenções artísticas que serão desenvolvidas na cidade vão muito além de apenas dar cor à cidade, é uma forma de potencializarmos as belezas do nosso litoral. Com essa gentileza urbana queremos construir uma nova atmosfera para quem mora em Balneário Camboriú e também para quem visita a cidade, para que possam vivenciar essa conexão entre o urbanismo e a arte, além de encantar aos olhos com os grandes projetos que vamos desenvolver nos próximos meses”, explica a presidente da EMBRAED Tatiana Rosa Cequinel.

O mural no edifício Cosmos será a terceira ação do projeto #cidadeincomparável, que já revitalizou o mirante do Encanto, em Itapema, e o prédio dos Bombeiros, em Balneário Camboriú.

Para o diretor da Open Street Gallery, Murilo Trevizol, campanhas como esta lançada em parceria com a EMBRAED são essenciais para ampliar o acesso à arte e à cultura. “Queremos transformar a cidade numa grande galeria a céu aberto porque a arte transforma a vida das pessoas. A Arte tem o poder de unir, mover e transformar e essa é uma gentileza urbana que queremos deixar para as próximas gerações”, comenta Murilo.

O artista escolhido pela EMBRAED e pela Open Street Gallery é Marlon Muk, grafiteiro que já assinou obras nos quatro cantos do país. A arte criada na lateral do edifício Cosmos terá inspiração na natureza, tão rica na cidade.

“Balneário Camboriú é uma cidade cheia de belezas naturais e, como é um edifício frente mar, busquei destacar o Sol. É ele que dá a tonalidade a todo o mural, com seus raios que permeiam as folhas de uma Costela de Adão. Escolhi essa planta pela sua simetria e seus significados”, detalha Muk. Segundo a filosofia chinesa, a Costela de Adão é uma planta capaz de atrair boa sorte para os ambientes nos quais é inserida. Por isso, é fortemente recomendada no Feng Shui.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Acompanhe tudo sobre:ArteGrafiteirosSanta Catarina

Mais de Casual

Do campo à xícara: saiba o caminho que o café percorre até chegar a sua mesa

Com sustentabilidade e legado, sempre teremos Paris

3,5 mil quartos e R$ 100 milhões em reformas: os planos da Meliá para o Brasil

Senna e filme sobre Fórmula 1: como o esporte tem se tornado tendência nos streamings e cinemas

Mais na Exame