Oscar Niemeyer está lúcido e seu estado de saúde é estável

"O paciente está lúcido e respira sem a ajuda de aparelhos", afirma um boletim divulgado hoje pelo Hospital Samaritano do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro – O arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos de idade e que foi hospitalizado há cinco dias com sintomas de pneumonia e desidratação, está lúcido e seu estado de saúde é estável, informaram nesta segunda-feira seus médicos.

“O paciente está lúcido e respira sem a ajuda de aparelhos”, afirma um boletim divulgado hoje pelo Hospital Samaritano do Rio de Janeiro.

Após a visita que fez ao paciente hoje, o médico Fernando Gjorup disse que o estado clínico de Niemeyer é estável, mas que o arquiteto permanecerá internado por tempo ainda indeterminado em uma unidade intermediária do hospital, na qual seguirá sendo tratado com antibiótico venoso e soro.

Em abril de 2010, Niemeyer esteve 12 dias hospitalizado no mesmo centro médico por uma infecção urinária.

O renomado arquiteto esteve internado durante três semanas entre setembro e outubro de 2009, quando foi tratado de um tumor no cólon e tirou a vesícula.

Em junho de 2009, o arquiteto foi internado no hospital Cardiotrauma por uma lombalgia e recebeu alta após uma série de exames e, em 2006, chegou a permanecer 11 dias hospitalizado devido a uma queda que sofreu.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.