O fim do mundo no estilo "Gangnam Style"?

Redes sociais estão em polvorosa nos últimos dias por causa de uma previsão atribuída a Nostradamus que liga o cantor Psy e sua dança ao Apocalipse

	O cantor coreano Psy: "na calma manhã, o fim virá quando o número de círculos do cavalo dançante chegar a 9", diz a profecia, claramente falsa, que circula em sites
 (Jack Boland/AFP)
O cantor coreano Psy: "na calma manhã, o fim virá quando o número de círculos do cavalo dançante chegar a 9", diz a profecia, claramente falsa, que circula em sites (Jack Boland/AFP)
Por Da RedaçãoPublicado em 17/01/2013 17:03 | Última atualização em 17/01/2013 17:03Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Seul - Se os Quatro Cavaleiros do Apocalipse estão prestes a descer na Terra, parece que um deles virá da Coreia do Sul, montado em um corcel invisível ao som do sucesso "Gangnam Style".

Redes sociais e sites da Coreia do Sul estão em polvorosa nos últimos dias por causa de uma previsão atribuída ao vidente francês do século 16 Nostradamus, sugerindo que o cantor Psy não é o gentil e sorridente cantor de 34 anos que ele parece ser.

"Na calma manhã, o fim virá quando o número de círculos do cavalo dançante chegar a 9", diz a profecia que circula em sites, Facebook e Twitter.

Claramente falsa, a citação tem origem num "documentário" enganoso de cinco minutos do Youtube que já foi visto por 1,5 milhão de pessoas e que liga Nostradamus e Psy à profecia de 21 de dezembro dos Maias, que prevê o fim do mundo.

A interpretação é interessante.

A Coreia do Sul é conhecida como a "terra da manhã calma", o "cavalo dançante" é a dança que Psy criou para suas apresentações e os nove círculos são os nove zeros que o seu clipe "Gangnam Style" terá quando for visto por um bilhão de pessoas no Youtube.


No momento, o vídeo foi visto 972 milhões de vezes, e poderia chegar a um bilhão por volta do dia 21 de dezembro.

O "documentário" é narrado por uma voz sinistra que nota a "dominação cultural de Psy sobre a civilização ocidental" com imagens do cantor dançando com Britney Spears e o líder das Nações Unidas Ban Ki-moon.

"O mal tão sedutor, que parece 'cool', vai entortar a mente das pessoas com um comportamento contagiante", diz a voz, com imagens de grupos de pessoas executando o "cavalo dançante" em "flash mobs" por todo o mundo.

A paródia fez muito sucesso na Coreia do Sul, talvez como distração para o povo que busca alívio após o lançamento de um foguete, na semana passada, pela Coreia do Norte e das eleições presidenciais de quarta-feira.

"É hilário... pelo visto, circular um boato bobo na internet é algo que acontece no mundo todo", escreveu uma pessoa no twitter.

"Agora Psy está sendo comparado a Nostradamus? Isso mostra como ele ficou popular!" afirmou outra pessoa no Twitter.