NBA 2022: Brasil é um dos mercados que mais assistem o campeonato

Mercado brasileiro é um dos mais importantes do mundo e crescimento é acelerado. Segundo o IBOPE, cerca de 50 milhões de brasileiros são fãs de basquete
Segundo o Google, o buscas por basquete cresceram em 89%, enquanto o futebol americano e o handball cresceram 43% e o baseball 27%. (Ronald Martinez/Getty Images)
Segundo o Google, o buscas por basquete cresceram em 89%, enquanto o futebol americano e o handball cresceram 43% e o baseball 27%. (Ronald Martinez/Getty Images)
J
Julia Storch

Publicado em 03/06/2022 às 12:46.

Última atualização em 03/06/2022 às 13:44.

Considerada a principal liga profissional de basquete em todo o mundo, a NBA, Associação Nacional de Basquete, vem crescendo para além dos Estados Unidos, com o Brasil sendo um dos mercados que mais assistem o campeonato. Além disso, durante a pandemia, a disputa entre os times Golden State Warriors, da Califórnia e o Boston Celtics, um gigante da NBA se aproximou.

Embora muito tradicional, o Golden State Warriors cresceu de forma impressionante recentemente. Enquanto o Boston Celtics, um gigante da NBA, que faturava mais até 2014 foi ultrapassado.

A NBA Finals é um dos momentos mais esperados da temporada esportiva mundial. Pelo caráter global do basquete, atinge todos os cantos do planeta. De 2013 a 2016, o crescimento de espectadores cresceu de 26,3 milhões de espectadores para 31 milhões.

Além disso, o Brasil ocupa um lugar de destaque nas audiências mundiais. Com o Golden State Warriors (7,5%) como o terceiro time da NBA preferido dos brasileiros. Fica atrás de LA Lakers (22,9%) em segundo e Chicago Bulls em primeiro (25,7%).

O mercado brasileiro é um dos mais importantes do mundo e crescimento é acelerado. Segundo o IBOPE, cerca de 50 milhões de brasileiros são fãs de basquete. Prática saltou de 2% da população para 4%.

O esporte também cresceu em pesquisas no país. Segundo o Google, o buscas por basquete cresceram em 89%, enquanto o futebol americano e o handball cresceram 43% e o baseball 27%.

O time californiano Golden State Warriors embora muito tradicional cresceu de forma impressionante recentemente. Com receita de 137 milhões de dólares em 2012 para 258 milhões de dólares no ano passado. Já o Boston Celtics, um gigante da NBA, que faturava mais até 2014 (173 milhões de dólares) foi ultrapassado. Com a pandemia números ficaram mais próximos, 211 milhões de dólares em 2021.

Receita em milhões de dólares das equipes, fonte: Forbes. (Sportsvalue/Divulgação)

O valor da franquia do GSW explodiu nos últimos anos e alcançou 5,6 bilhões de dólares. Em 2012 era de 550 milhões de dólares. Os Celtics valem atualmente 3,6 bilhões de dólares e valiam 730 milhões de dólares em 2012.

Com isso, o GSW passou recentemente o LA Lakers e se tornou a segunda franquia mais valiosa da NBA. O Boston Celtics está na quinta posição atualmente. E os gastos salariais do GSW atingiram o maior valor da história em 2019, 156 milhões de dólares. Para o Boston Celtics, o maior gasto salarial foi também naquele ano, 119 milhões de dólares.

Já a relação valuation e receitas do GSW passou de 4,4x em 2012 para 9,9x em 2020. Enquanto o Boston Celtics foi de 5,1x para 11,7x. Isso demonstra que há espaço para o time de Boston faturar mais.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.