Moda também é um interesse masculino

A preocupação estética ganha novos rumos no dia a dia dos homens, diz pesquisa da WGSN com Aramis
O cantor Harry Styles e o diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele. (Theo Wargo/WireImage/Getty Images)
O cantor Harry Styles e o diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele. (Theo Wargo/WireImage/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 01/09/2022 às 08:00.

A moda foi e continua sendo uma forma de expressão da masculinidade. É possível observar que, ao longo dos séculos, os códigos foram sendo alterados entre as civilizações. Se antes o homem atraente era aquele que não se preocupava tanto com a aparência ou que não dedicava tempo para a estética por ser algo “de mulher”, hoje isso tem mudado.

É possível notar um processo de redução ou abandono das linhas que delimitam as características de expressão de cada gênero, e os homens têm sido influenciados por isso.

A mensagem é de que é permitido, sim, um homem cuidar da beleza, buscar procedimentos estéticos, pintar as unhas, se maquiar, usar roupas consideradas femininas, entre outras práticas.

Além disso, atualmente diferentes movimentos de moda têm participação masculina. De meias robustas e bolsas de caminhada a joias e lingerie, os homens estão cada vez mais confortáveis para explorar a moda e se expressar através dela.

Na música há diversos exemplos de cantores que têm a moda como uma plataforma de expressão. Em 2020, o cantor britânico Harry Styles foi o primeiro homem a ser capa solo de uma edição da Vogue US. O cantor vestiu uma combinação de peças consideradas masculinas e femininas, a fim de quebrar a barreira de gênero no vestuário.

Além dele, a forma de expressão do grupo sul coreano BTS derruba as barreiras entre o masculino e o feminino e empodera jovens de todos os cantos do mundo. Recentemente o grupo lançou personagens com gênero neutro no metaverso.

O Full Spectrum é uma direção anticonformista em que quase tudo vale, defendendo perspectivas diversas e divergentes e autoaceitação radical. O resultado são peças alegres, coloridas e estampadas.

Este conteúdo faz parte do estudo feito pela WGSN e Aramis que tem como objetivo traçar a evolução das diferentes masculinidades e os impactos no presente e futuro da sociedade, no consumo e na realidade dos homens brasileiros. O material é resultado do cruzamento de pesquisas aprofundadas sobre o tema com conversas com diferentes especialistas: time estratégico Aramis, estrategistas WGSN e sociólogos e profissionais brasileiros envolvidos com masculinidades.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos pra você aproveitar seu tempo livre com qualidade