Casual

Mercedes precisa conciliar desempenho e confiabilidade na F1

"Estamos equilibrando desempenho contra confiabilidade até o final da temporada", disse o estrategista-chefe da equipe, James Vowles, na reunião após o GP dos EUA no canal de YouTube da equipe

Piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, no GP dos EUA de F1. (Jerome Miron-USA TODAY Sports/Reuters)

Piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, no GP dos EUA de F1. (Jerome Miron-USA TODAY Sports/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 28 de outubro de 2021 às 17h15.

Última atualização em 28 de outubro de 2021 às 19h34.

A Mercedes precisa combinar desempenho e confiabilidade no resto da temporada da Fórmula 1, porque qualquer desistência seria "catastrófica" para suas esperanças de título, disse o estrategista-chefe da equipe, James Vowles, nesta quinta-feira.

Ele acrescentou, porém, que está confiante que as trocas de motor recentes do heptacampeão mundial Lewis Hamilton e do colega de equipe Valtteri Bottas, com penalidades, compensarão no final.

Hamilton está 12 pontos atrás de Max Verstappen, da Red Bull, a cinco corridas do encerramento da temporada, e a Mercedes está 23 pontos atrás da Red Bull no campeonato de construtores depois do Grande Prêmio dos Estados Unidos de domingo passado.

Hamilton sofreu uma punição de dez posições no grid na Turquia neste mês por ultrapassar o limite de troca de motores da temporada, e pode estar sujeito a mais uma em meio às preocupações persistentes a respeito da confiabilidade dos motores da Mercedes.

Bottas já teve três penalidades, incluindo cinco posições no grid do Texas, e já está no sexto motor da temporada. Os pilotos só podem usar três sem serem punidos.

"Estamos equilibrando desempenho contra confiabilidade até o final da temporada", disse Vowles na reunião pós-corrida do GP dos EUA no canal de YouTube da equipe.

"Nossa incapacidade de terminar uma corrida, seja por causa de um chassis ou de uma punição de motor, seria catastrófica para o campeonato".

Acompanhe tudo sobre:Fórmula 1Mercedes-BenzPilotos de corridaRed Bull

Mais de Casual

Chablis: por que os vinhos dessa região da França caíram no gosto do brasileiro?

"A Era das revoluções", de Fareed Zakaria, explica raízes do mundo contemporâneo; leia trecho

Do campo à xícara: saiba o caminho que o café percorre até chegar a sua mesa

Com sustentabilidade e legado, sempre teremos Paris

Mais na Exame