Casual
Acompanhe:

Marca brasileira de calcinhas absorventes chega à França e Reino Unido

A Pantys é a 1ª marca do segmento no mundo com produtos clinicamente testados. Os novos pontos físicos ficam na Galeries Lafayette, em Paris, e na Oxford Street, em Londres

 (Pantys/Divulgação)

(Pantys/Divulgação)

M
Matheus Doliveira

Publicado em 6 de outubro de 2021, 09h00.

Fundada em 2017 pelas sócias Emily Ewell e Maria Eduarda Camargo, a Pantys nasceu como a primeira marca brasileira especializada em calcinhas absorventes e também como a única bandeira desse segmento no mundo a ter seus produtos clinicamente testados.

Apesar de estar no mercado há apenas 4 anos, a marca conhecida por suas peças íntimas high-tech deseja se tornar a líder global da categoria que atua. Com passos largos rumo a internacionalização do negócio, a Pantys está celebrando seu aniversário com dois novos pontos físicos fora do Brasil: um fica na mundialmente conhecida loja de departamento francesa Galeries Lafayette, em Paris. O outro, em uma das ruas mais famosas do Reino Unido, a Oxford Street, em Londres.

Além dos dois novos endereços, a marca está investindo em seu e-commerce internacional próprio, que atenderá todo o mundo. Fora do site, no exterior, também será possível encontrar os produtos da Pantys nos e-commerces Zalando, Amazon, AboutYou, Selfridges, Sancho’s, Otto.de e Kaufland.de.

“A Pantys foi a primeira marca brasileira a oferecer conforto e sustentabilidade para os ciclos menstruais. Também fomos em busca de certificações e nos tornamos a única marca de calcinhas absorventes clinicamente testadas do mundo. Assumindo nosso compromisso com o meio ambiente, implantamos a etiqueta de carbono neutro em todas as nossas peças, medindo, reduzindo e compensando todo o C02 produzido durante a produção, uso e descarte da peça. Nosso maior objetivo é unir tecnologia e sustentabilidade em produtos confortáveis e modernos, conseguindo expandir o segmento para o mundo, competindo com as melhores marcas globais", diz Emily Ewell, norte-americana erradicada no Brasil há 8 anos que fundou a Pantys com a parceira brasileira Maria Eduarda.

Nativa digital, 85% das vendas da Pantys se dão através do e-commerce. No Brasil, a marca possui apenas duas lojas: uma na rua Oscar Freire e outra no Shopping Morumbi, ambas em São Paulo. Cedo para internacionalizar? Para as sócias, não. "Decidimos expandir para além do Brasil nesse momento porque percebemos uma demanda muito grande por esse tipo de produto, mas a oferta ainda é pequena", afirma Maria Eduarda.

Pantys: marca possui linha de cuecas absorventes para homens transexuais. (Pantys/Divulgação)

Em média, uma mulher utiliza 16.000 absorventes descartáveis ao longo da vida. As calcinhas da Pantys querem mudar isso. Elas são feitas com duas camadas de tecido: uma que elimina 99% das bactérias, para evitar odor, e outra que é impermeável.

As calcinhas absorventes continuam sendo o principal produto da Pantys, mas não é só isso. A marca
foi pioneira ao lançar a primeira cueca menstrual voltada para homens transexuais, além de sutiãs de amamentação e de uma linha praia com tecnologia absorvente. Em todos os produtos, a marca utiliza tecidos biodegradáveis. "Um absorvente descartável pode durar 100 anos no meio-ambiente. Uma calcinha comum, 50 anos. Nossos produtos desaparecem em até 3 anos após o descarte", diz Ewell.

Até o final de 2021, a marca colocará seus produtos, todos eles fabricados no Brasil, nas prateleiras de mais 15 lojas da rede Galeries Lafayette.