Dia dos Pais: Lázaro Ramos, Oscar Metsavaht e os afetos da paternidade

Com dois pais protagonizando a campanha da Johnnie Walker, eles mostram que a paternidade pode quebrar padrões
 (Divulgação/Victor Collor)
(Divulgação/Victor Collor)
Por Julia StorchPublicado em 03/08/2021 12:14 | Última atualização em 03/08/2021 12:31Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Como a paternidade é capaz de transformar a vida do homem? Questiona a Johnnie Walker em sua nova campanha para o Dia dos Pais. Para responder a pergunta, Lázaro Ramos, pai de dois, e Oskar Metsavaht, pai de três, refletem sobre a chegada dos filhos em suas vidas e as mudanças pessoais. 

Vista por muitas gerações sob um olhar de insensibilidade e racionalidade, a paternidade vem quebrando esses paradigmas e mostrando a importância de se permitir sentir e  mergulhar em suas emoções.

Para Lázaro, uma das principais mudanças na paternidade é a demonstração de afeto. “Hoje podemos falar sobre afetividade, sendo pai, você pode abraçar seu filho, você pode se emocionar, pode chorar na frente do seu filho e isso não significa que você está dando um exemplo de fraqueza, como na minha época parecia ser… Minha geração consegue falar da paternidade de um local de prazer e aprendizado” afirma o ator.

Questões afetivas também são pontos importantes na paternidade de Metsavaht. “Com cada um dos meus filhos eu tive uma empatia muito grande de perceber a emoção deles, de ter a sensibilidade de conversar, explicar e compreender a questão emocional, física e mental, que acho muito importante”, declara o fundador da Osklen.

Oskar também conta que o processo de aprendizagem é algo que cresce com cada fase da paternidade. A relação de aprendizado de ambos os lados começa a dar frutos que foram semeados lá na infância. Cada fase que você semeia, você tem um retorno. É algo muito belo da paternidade”, conta o designer.

Pautado na autenticidade, pioneirismo e evolução, Oscar e Lázaro foram escolhidos por traduzirem o espírito “Keep Walking”. De acordo com Guilherme Martins, Diretor de Reserve, a marca vem ressignificando seus conceitos com a evolução da sociedade. 

“Entendemos o nosso papel como marca em contribuir para essa evolução. Ser pai é sobre aprendizado. É uma busca de sempre querer melhorar para nós e para os nossos filhos", pontua o executivo que vivenciou a experiência da licença paternidade de seis meses instituída pela Diageo

Como parte da campanha, a marca traz o conceituado rótulo Blue Label para comemorar as transformações e evoluções da paternidade nos últimos anos. A ação traz ainda o lançamento de uma série de itens especiais de Johnnie Walker Blue Label desenvolvidos exclusivamente para a ocasião, além de uma edição personalizável de Gold Label.

Os produtos estão disponíveis na pop up store de Johnnie Walker no Shopping Cidade Jardim e em quiosque no CJ Shops, ambos em São Paulo, além de redes parcerias e no The Bar, a partir de 1.150 reais e 279 reais, respectivamente.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.